Busca avançada
Ano de início
Entree

Indução de mutações em híbridos de citros por método in vivo visando à obtenção de frutos sem sementes

Processo: 16/23155-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Mariângela Cristofani-Yaly
Beneficiário:Gabriela da Costa
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/18605-0 - Obtenção e avaliação de novas variedades copas e porta-enxertos para citricultura de mesa, AP.TEM
Assunto(s):Melhoramento genético vegetal   Enxertia (fitotecnia)   Análise físico-química   Frutas

Resumo

Uma importante exigência do mercado de frutas cítricas é o cultivo e a comercialização de frutas contendo um baixo número ou ausência de semente. Assim sendo, o objetivo deste trabalho será avaliar populações de plantas provenientes de gemas axilares ou borbulhas irradiadas e selecionar mutantes contendo frutos sem ou com poucas sementes e com outras características mutadas. As doses mais próximas da GR 30 (GR- Growth reduction - dose que pode causar redução de 30% no desenvolvimento em comparação com o controle) determinadas, em um trabalho anterior, para os híbridos TM x TP 9, 11 e TM x LP 16 e 281 foram de 15,57; 19,09; 21,9 e 16,3 Gy, respectivamente. Para cada variedade formou-se um pomar com 500 plantas, enxertadas em limão Cravo e mais 10 plantas controles (a partir de borbulhas não-irradiadas). Cada pomar foi formado no espaçamento de 6 x 0,5 m. Durante o desenvolvimento vegetativo dos pomares e até o início do período de frutificação deverão ser feitas avaliações do desenvolvimento vegetativo de cada planta, visando à seleção de possível mutante de porte compacto. Quando iniciar o período de frutificação, cada planta será avaliada para qualidade físico-química dos frutos e para mutações que originem frutos contendo número reduzido ou com ausência de sementes. (AU)