Busca avançada
Ano de início
Entree

Significados psicológicos atribuídos a paternidade por adolescentes parceiros de gestantes adolescentes: um estudo clínico-qualitativo

Processo: 16/18326-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Egberto Ribeiro Turato
Beneficiário:Juliana Vasconcellos Freitas de Jesus
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Paternidade   Gravidez na adolescência   Adolescência   Pesquisa qualitativa

Resumo

Introdução: Diversos estudos vêm colaborando para o entendimento de aspectos psicossociais sobre maternidade adolescente, mas poucos consideram o parceiro adolescente da jovem mãe enquanto objeto de estudo. Este parceiro, quando assume a função paterna, compõe a vivência da adolescente grávida sobre a gestação e o bebê, além de ser, ele próprio como alvo das ações em saúde, especialmente nesta faixa etária. Justifica-se esta proposta de estudo pela relevância médico social do tema paternidade na adolescência para ampliar a compreensão sobre esse complexo fenômeno. Objetivo geral: discutir significados psicológicos relacionados à gravidez e à paternidade relatados por adolescentes parceiros de gestantes adolescentes atendidas em ambulatório universitário especializado. Participantes e Método: parceiros do sexo masculino de adolescentes grávidas, considerados até a idade de 18 anos incompletos, acompanhantes da gestante no serviço médico especializado em pré-natal e revisão puerperal. Será empregado o Método Clínico-Qualitativo, com o uso das técnicas de Entrevista Semi-Dirigida de Questões Abertas e em Profundidade e de observações da pesquisadora registradas através de um Diário de Campo. Previamente ao período de coleta de dados, vem sendo realizada uma fase de aculturação e ambientação, com o intuito de promover inserção da pesquisadora ao setting assistencial escolhido. Amostra será selecionada pelo critério de intencionalidade e fechamento pelo critério de saturação teórica de informações. O tratamento dos dados será feito mediante Análise Qualitativa de Conteúdo e discutidos à luz de conceitos usuais do quadro teórica da Psicologia da Saúde. Espera-se que os resultados contribuam para maior compreensão sobre as demandas emocionais que se apresentam ao profissional de saúde durante consultas de pré-natal de adolescentes, ampliando seu entendimento sobre aspectos simbólicos dessa vivência, facilitando a comunicação entre ambas as partes e, potencialmente, ampliando a adesão aos cuidados em saúde. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.