Busca avançada
Ano de início
Entree

Interações planta-polinizador em comunidades e a estruturação de atributos funcionais e do sucesso reprodutivo

Processo: 16/06434-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Marlies Sazima
Beneficiário:Pedro Joaquim Bergamo
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/02996-0 - Moduladores ecológicos e evolutivos da limitação polínica em uma rede trófica da uma ilha do Mediterrâneo, BE.EP.DR
Assunto(s):Fenologia   Redes de interação   Ecologia funcional   Biologia reprodutiva

Resumo

Os atributos florais e dos polinizadores tem importante papel na estruturação das interações planta-polinizador em comunidades, seja a partir de 1) complementaridade fenotípica ou ao restringir interações legítimas via 2) barreiras de exploração. Porém, a importância relativa deste duplo papel dos atributos tem sido pouco explorada. Como a polinização pode ser crucial para a persistência de populações de plantas, os atributos florais podem influenciar a organização da comunidade. Mais além, se os atributos determinam diferenças em aptidão entre as espécies, estes podem levar a mecanismos de coexistência. Este projeto visa investigar como os atributos das espécies estruturam as interações, a comunidade vegetal e a distribuição da aptidão em uma formação de campos de altitude do sudeste. A distribuição temporal e espacial dos atributos florais será avaliada em excursões mensais a campo. As interações planta-polinizador serão registradas in situ e serão quantificados os componentes feminino e masculino do sucesso reprodutivo das plantas. Serão analisados a morfologia, a cor e o recurso floral e o aparelho bucal e a sensibilidade espectral dos polinizadores. Será analisado o papel dos atributos (complementaridade fenotípica - CF ou barreiras de exploração - BE) através de modelos teóricos e a sua influência em (1) propriedades da rede planta-polinizador; (2) estruturação da comunidade de plantas e (3) distribuição do sucesso reprodutivo entre as espécies. Espera-se que (1) as interações se ajustem ao modelo de papel duplo dos atributos florais. Além disso, (2) estes atributos estruturem a comunidade de plantas, refletindo compartimentos das interações e (3) plantas florindo em períodos de maior diversidade funcional (maior compartimentação) tenham maior sucesso reprodutivo, pois reduziria a competição das plantas pelos polinizadores.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.