Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito dos metabólitos do microambiente tumoral do melanoma murino na modulação do metabolismo lipídico de macrófagos

Processo: 16/22899-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2017
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Carlos Arterio Sorgi
Beneficiário:Edson Alves Gabriel Junior
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/07125-6 - Novos aspectos funcionais dos eicosanóides, AP.TEM
Assunto(s):Eicosanoides   Melanoma   Inflamação   Macrófagos   Microambiente tumoral   Metabólitos

Resumo

Os macrófagos (MAs) são células amplamente distribuídas pelos tecidos, participando de vários processos biológicos. Estas células tem papel importante na inflamação com a produção de citocinas e mediadores lipídicos. Para que ocorra a ativação de MA, são necessários a presença de fatores solúveis no microambiente celular, polarizando-as em dois padrões distintos: ativação clássica (M1) ou ativação alternativa (M2). Os M1 são fundamentais na resposta imune contra microrganismos intracelulares e tumores. Os M2 são mais heterogêneos, promovendo a reparação e remodelação tecidual, e também na progressão de tumores. Nas pesquisas sobre câncer, a identificação de mudanças genéticas e fenotípicas das próprias células cancerígenas, podem explicar a natureza dessa doença. Entretanto, a análise do microambiente tumoral é de grande importância para uma melhor compreensão do desenvolvimento do câncer. O microambiente tumoral é muito complexo, com presença de um grande número de células e metabólitos celulares. Os Macrófagos Associados ao Tumor (MATs), produzem um microambiente único, que influencia tanto as propriedades das células tumorais, como também modulam a atividade dos próprios MATs, uma vez que estas células possuem diversidade e plasticidade funcional. O ácido lático liberado pelas células tumorais no microambiente, promove a modulação de MA para expressar altas quantidades de VEGF-± e Arginase-I, que contribuem para o crescimento tumoral. Desta forma, neste projeto investigaremos a influência dos metabólitos do microambiente tumoral na ativação de macrófagos, correlacionando com a modulação da formação de corpúsculos lipídicos e produção de eicosanoides, que são fatores importantes na resposta efetiva contra tumores. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.