Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da adição de Rosmarinus officinalis L. em nanofibras eletrofiadas via solução de quitosana

Processo: 16/19664-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Alexandre Luiz Souto Borges
Beneficiário:Natália Freitas Ferreira
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Biomateriais poliméricos   Quitosana   Rosmarinus officinalis   Óleos essenciais   Eletroquímica   Eletrofiação   Regeneração tecidual guiada

Resumo

Com o avanço cientifico e tecnológico, houve um grande aumento na pesquisa dos biomateriais e biopolímeros e sua posterior utilização para uso dos mesmos, principalmente na área da saúde, como na regeneração tecidual. Um biopolímero com características anti-inflamatórias, cicatrizantes, bactericida e com bioatividade, que vem sendo amplamente empregado para tal feitio é a quitosana, polissacarídeo obtido essencialmente da carapaça dos crustáceos como o camarão e o caranguejo. Assim, o presente trabalho utilizará esse biopolímero a partir da eletrofiação, via uma solução para se obter nanofibras, estruturas já com grande valor na área de regeneração tecidual. Para isso será preparada solução de quitosana com inclusão do óleo essencial do Rosmarinus officinalis L., e realizada a eletrofiação da solução sob variáveis de três diferentes parâmetros. Assim, serão realizados os devidos estudos, com a esperada formação de nanofibras através da eletrofiação via a solução de quitosana com a inclusão de R. officinalis para posterior analise de suas características físicas. (AU)