Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de miRNA candidato e seu gene alvo, modulados pela melatonina e envolvidos na angiogênese em câncer de mama triplo negativo

Processo: 16/14280-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Debora Aparecida Pires de Campos Zuccari
Beneficiário:Jéssica Helena de Mora Marques
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Neoplasias mamárias   Melatonina   MicroRNAs   Angiogênese

Resumo

O câncer de mama, neoplasia mais comum entre as mulheres, apresenta como principal causa de morte a progressão tumoral e a disseminação metastática que ocorrem com o incentivo da angiogênese. MicroRNAs (miRNAs), pequenas moléculas de RNA mensageiro (RNAm) não codificantes que desempenham papel fundamental na regulação gênica, têm sido muito estudados e vem demonstrando envolvimento na iniciação e progressão de vários tumores, incluindo o câncer de mama. Diversos miRNAs são descritos como promotores ou supressores da angiogênese, podendo estar associados ao crescimento tumoral e metástase. A melatonina, hormônio secretado pela glândula pineal, vem se mostrando um potencial tratamento contra o câncer de mama por apresentar efeitos oncostáticos e antiangiogênicos. Assim, o objetivo deste estudo é avaliar a potencial ação da melatonina no controle da angiogênese modulada por miRNAs no câncer de mama, em um estudo in vitro. Primeiramente a expressão diferencial dos miRNAs associados ao processo de angiogênese será analisada por PCR-Array na linhagem tumoral MDA-MB-468 tratada ou não com melatonina, seguida pela seleção in silico de um miRNA candidato e seu potencial gene alvo. Os resultados serão validados com o silenciamento ou superexpressão do miRNA de estudo em duas linhagens, a MDA-MB-468 e MDA-MB-231, e posterior verificação da expressão gênica por PCR em tempo real e proteica por imunocitoquímica. Os resultados alcançados poderão identificar miRNAs candidatos modulados pela melatonina e envolvidos na formação de vasos sanguíneos tumorais e, com isso, possibilitar o estabelecimento de potenciais protocolos terapêuticos para controle deste evento celular, determinante para um pior prognóstico da paciente com câncer de mama. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARQUES, JESSICA H. M.; MOTA, ANDRE L.; OLIVEIRA, JESSICA G.; LACERDA, JESSICA Z.; STEFANI, JULIA P.; FERREIRA, LIVIA C.; CASTRO, TIALFI B.; ARISTIZABAL-PACHON, ANDRES F.; ZUCCARI, DEBORA A. P. C. Melatonin restrains angiogenic factors in triple-negative breast cancer by targeting miR-152-3p: In vivo and in vitro studies. Life Sciences, v. 208, p. 131-138, SEP 1 2018. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.