Busca avançada
Ano de início
Entree

Cavando mais fundo: contribuição de atributos subterrâneos das plantas no funcionamento de ecossistemas herbáceos primários tropicais

Processo: 16/13232-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Alessandra Tomaselli Fidelis
Beneficiário:Soizig Anne Le Stradic
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/06743-0 - Como a época do fogo afeta a vegetação do cerrado?, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):18/03755-6 - Impacto do histórico de fogo nos parâmetros funcinais arquitetônicos e morfológicos de raízes em comunidades de campo sujo, BE.EP.PD
Assunto(s):Ecologia do solo   Estoque de carbono   Plantas herbáceas   Raiz (anatomia vegetal)   América do Sul

Resumo

A falta de conhecimentos referentes aos campos tropicais (Old-Growth Grasslands - OGGs em inglês) tem contribuído para a destruição dos mesmos, principalmente devido a projetos que promovem a conversão desses campos para agricultura ou de plantio de árvores, de acordo com as políticas atuais de compensação de carbono. O primeiro objetivo deste projeto é avaliar a distribuição e a diversidade de parâmetros funcionais (PFs) das raízes, incluindo PFs morfológicos e de arquitetura e a diversidade dos orgãos de armazenamento subterrâneo (underground storage organ - USO em inglês), no nível das comunidades, entre diferentes OGGs dentro do contexto do espectro de economia de recursos. O segundo objetivo do projeto visa a compreender melhor a alocação de biomassa nos OGGs e examinar como a estrutura funcional das raízes pode afetar o funcionamento dos ecossistemas, especificamente a entrada de carbono no solo e as consequências para o estoque de carbono. Foram selecionados três OGGs na América do Sul, que apresentam diferentes níveis de produtividade, e diferentes regimes de fogo: os campos rupestres, os campos sujos, e os campos úmidos. O projeto incluirá o levantamento da vegetação, avaliação de biomassa aérea, análise dos órgãos de armazenamento subterrâneo, análise da arquitetura das raízes e PFs morfológicos, e a análise do solo. 15 sítios serão selecionados e 5 parcelas por sítio serão definidos aleatoriamente. A amostragem do solo será realizada a cada 10 cm de profundidade, da superfície até a profundidade máxima ou até 2 m de profundidade. A duração prevista desse projeto de pesquisa é de 2 anos, pretendemos contribuir com a geração de dados para bases de dados globais de raízes e pretendemos publicar pelo menos 4 artigos científicos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BUISSON, ELISE; LE STRADIC, SOIZIG; SILVEIRA, FERNANDO A. O.; DURIGAN, GISELDA; OVERBECK, GERHARD E.; FIDELIS, ALESSANDRA; WILSON FERNANDES, G.; BOND, WILLIAM J.; HERMANN, JULIA-MARIA; MAHY, GREGORY; ALVARADO, SWANNI T.; ZALOUMIS, NICHOLAS P.; VELDMAN, JOSEPH W. Resilience and restoration of tropical and subtropical grasslands, savannas, and grassy woodlands. BIOLOGICAL REVIEWS, v. 94, n. 2, p. 590-609, APR 2019. Citações Web of Science: 3.
LE STRADIC, SOIZIG; FERNANDES, GERALDO W.; BUISSON, ELISE. No recovery of campo rupestre grasslands after gravel extraction: implications for conservation and restoration. RESTORATION ECOLOGY, v. 26, n. 2, SI, p. S151-S159, JUN 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.