Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade morfológica, molecular e posicionamento tribal do gênero Eois Hubner 1818 (Lepidoptera: Geometridae, Larentiinae)

Processo: 16/20196-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 24 de maio de 2017
Vigência (Término): 23 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:André Victor Lucci Freitas
Beneficiário:Simeão de Souza Moraes
Supervisor no Exterior: Niklas Wahlberg
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Lund University, Lund, Suécia  
Vinculado à bolsa:15/17047-5 - Inventário de herbívoros em espécies de Piperaceae, BP.PD
Assunto(s):Sistemática

Resumo

O gênero Eois Hübner (Geometridae: Larentiinae) compreende 250 espécies válidas, das quais 217 são descritas para a região Neotropical e 31 com localidade tipo no Brasil. O fato de ser um gênero especioso e que nunca foi revisado, bem como contar com potenciais espécies novas, faz com que Eois esteja inserido em um cenário taxonômico problemático. Além disso, as espécies Eois se destacam por estarem envolvidas em interações inseto-planta, sequestro de compostos secundários e possível co-evolução com plantas da família Piperaceae. O estabelecimento de Eois como um potencial grupo modelo em estudos de co-evolução e outras interações com piperáceas, especialmente com o gênero Piper, é limitado principalmente pelas incertezas taxonômicas envolvendo as mariposas. A verdadeira diversidade de Eois é subestimada tanto pelo fato da fauna brasileira ser pouco conhecida, como pelo fato da amostragem inadequada e por causa de possíveis espécies crípticas possivelmente "escondidas" em taxóns nominais. Este projeto de pesquisa propõe a testar a monofilia de Eois e investigar a diversidade do gênero no Brasil, através da utilização da taxonomia integrativa, utilizando ferramentas morfológicas e moleculares, e o estudo de material tipo depositado em coleções europeias. Também esperamos que as análises moleculares a partir do material obtido em viagens de campo realizadas no Brasil e de coleções entomológicas, esclareça a sistemática de Larentiinae de uma forma geral, e mais especificamente estando a monofilia das tribos Asthenini e Eupitheciini e do gênero Eois. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.