Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito sinérgico da terapia de luz de baixo nível (low level light therapy (LLLT), terapia fotodinâmica (TFD) e quimioterapia usando ftalocianinas de rutênio e cisplatina como uma nova abordagem para tratamento do câncer

Processo: 17/00599-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Roberto Santana da Silva
Beneficiário:Laísa Bonafim Negri
Supervisor no Exterior: Michael R Hanblim
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Harvard University, Boston, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:15/03746-9 - Efeito sinérgico quimio-fototerapêutico usando complexos rutênio-ftalocianinas associados à cisplatina: avaliação química e fotobiológica em meio aquoso e em sistema de liberação de drogas, BP.DR
Assunto(s):Ftalocianinas   Fotoquímica   Compostos de rutênio

Resumo

O projeto apresentado aqui intitulado "Efeito sinérgico da terapia de luz de baixo nível, terapia fotodinâmica e quimioterapia usando complexos rutênio-ftalocianinas e cisplatina como nova abordagem para o tratamento do câncer" faz parte da linha de pesquisa do Prof. Roberto Santana da Silva (USP) e Michael R. Hamblin (Harvard Medical School e Massachussets General Hospital). O processo envolve o efeito sinérgico de baixos níveis de luz visível ou infravermelho próximo (NIR) combinado com radicais produzidos por fotossensibilizadores quando submetidos à irradiação luminosa. O uso de baixos níveis de terapia de luz visível (LLLT) ou infravermelho próximo (NIR) para reduzir dor, inflamação e edema, promovendo cicatrização de feridas, tecidos e nervos mais profundos, e prevenção de danos nos tecidos é conhecido há cerca de quarenta anos. Apesar de muitos relatos sobre efeitos positivos da LLLT na terapia fotodinâmica, há muitas lacunas que devem ser melhor compreendidas. Neste contexto, a proposta deste trabalho é avaliar o efeito bioquímico utilizando-se a LLLT e complexo rutênio-ftalocianina, como fotossensibilizador. Posteriormente estender esta avaliação acoplando-se este sistema à cisplatina, como um quimioterápico, encapsulados em sistema de liberação lipossomal. O interesse neste desenvolvimento é concernente à possibilidade de se criar uma nova terapia clínica contra o câncer, baseada na irradiação luminosa. Apesar de todos os esforços para ampliar o repertório clínico de TFD e possível combinação com LLLT, ainda há desafios a superar: 1) A densidade de energia e a densidade de potência são parâmetros biológicos fundamentais para a eficácia da terapia a laser; 2) penetrabilidade da luz não é eficiente para estímulo dos fármacos em tecidos profundos; Para superar estes obstáculos, devem ser consideradas abordagens que se baseiem no direcionamento dos compostos às células tumorais. A energia e a fluência usadas na TFD também devem ser consideradas como parte importante para entender o mecanismo biológico envolvido na proteção ou morte celular. Neste contexto, o projeto aqui proposto é sui generis.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.