Busca avançada
Ano de início
Entree

Radiogenônica. caracterização do carcinomas de cabeça e pescoço relacionado ao HPV e EBV. correlação do fenótipo radiológico em ressonância magnética com os dados multiômicos

Processo: 16/19031-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Pesquisador responsável:Murilo Bicudo Cintra
Beneficiário:Murilo Bicudo Cintra
Anfitrião: Olivier Gevaert
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Stanford University, Estados Unidos  
Assunto(s):Infecções por Papillomavirus   Radiologia   Neoplasias de cabeça e pescoço

Resumo

Introdução: Imagem por Ressonância Magnética (MRI) é uma das ferramentas para diagnóstico, estadiamento e tratamento do câncer de cabeça e pescoço. Recentemente uma nova direção para o diagnóstico e tratamento do câncer tem surgido através da relação entre o fenótipo de imagem e a genética tumoral, conhecido com Radiogenômica. No câncer de cabeça e pescoço esses mecanismos permanecem sub-explorado.Objetivo: O objetivo deste estudo é combinar dados moleculares múltiplos com achados de ressonância magnética em carcinoma de células escamosas relacionadas com EBV e HPV na Universidade de Stanford. Esta pesquisa pode indicar possíveis mecanismos genéticos que regulam fenótipos tumorais específicos e aprimorar as técnicas de ressonância magnética como potenciais abordagens não-invasivas para sondar o estado molecular do câncer.Método: Dados fenotípicos quantitativos em ressonância magnética de tumores (como sinal de T2, difusão e cinética de fluxo sanguíneo) serão associados a seus perfis moleculares correspondentes (incluindo mutação do DNA, expressão miRNA, expressão da proteína e expressão gênica).