Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemática e biogeografia da Tribo Oryzomyini (Cricetidae: Sigmodontinae) na América do Sul

Processo: 16/20055-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 21 de agosto de 2017
Vigência (Término): 20 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Alexandre Reis Percequillo
Beneficiário:Alexandre Reis Percequillo
Anfitrião: Mark Wilkinson
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Natural History Museum, London, Inglaterra  
Assunto(s):Biodiversidade   Mamíferos   Morfologia animal   Zoologia (classificação)   Oryzomyini

Resumo

Embora tenham acontecido grandes avanços no conhecimento da Tribo Oryzomyini, muito ainda permanece por ser entendido, de aspectos relacionados a diversidade até a história evolutiva e biogeográfica da tribo. Questões prementes são: os quatro clados recuperados em diversas análises com os genes citocromo b e IRBP [A, B, C e D], se manterão em análises que incluam todos os gêneros da tribo? Estes quatro clados serão recuperados com conjuntos de dados distintos, como, por exemplo, em abordagens filogenômicas? Quais as relações intergenéricas dentro destes quatro clados? Qual a área ancestral de origem da tribo? Qual o tempo de diversificação das linhagens de Oryzomyini? Os grupos basais eram penta ou tetralofodontes, florestais ou de áreas abertas? São estas algumas das perguntas, que tentarei responder no decorrer do presente projeto. Para tanto, pretendo analisar dezenas de espécimes (amostras de tecido e espécimes tradicionais de coleção), e através de inferências filogenéticas empregando matrizes de dados morfológicos e moleculares (abordagem filogenômica multi-loci) e matrizes de dados combinados, obter hipóteses de relacionamento para os gêneros da tribo. Com base nestes dados, pretendo datar os eventos cladogenéticos e estabelecer as áreas ancestrais das linhagens, buscando através de correlações com a história geológica do continente sul-americano estabelecer hipóteses da história evolutiva deste grupo na América do Sul. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PRADO, JOYCE R.; PERCEQUILLO, ALEXANDRE R.; THOMAZ, ANDREA T.; KNOWLES, L. LACEY. Similar but different: Revealing the relative roles of species-traits versus biome properties structuring genetic variation in South American marsh rats. Journal of Biogeography, v. 46, n. 4, p. 770-783, APR 2019. Citações Web of Science: 0.
CHIQUITO, ELISANDRA ALMEIDA; PERCEQUILLO, ALEXANDRE REIS. The taxonomic status of Nectomys saturatus Thomas, 1897 (Cricetidae: Sigmodontinae). Zootaxa, v. 4550, n. 3, p. 321-339, JAN 25 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.