Busca avançada
Ano de início
Entree

A produção da Arquitetura Contemporânea Brasileira no contexto latino-americano

Processo: 16/21108-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2017
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Monica Junqueira de Camargo
Beneficiário:Ivo Renato Giroto
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Teoria da arquitetura

Resumo

O projeto pretende desenvolver um estudo crítico da produção da arquitetura contemporânea brasileira, de forma relacionada e comparada com a latino-americana, por meio da seleção e análise de exemplares arquitetônicos voltados à área cultural. Através do mapeamento e análise da produção atual, o estudo buscará compreender a arquitetura no contexto do século XXI e revelar as características da arquitetura nacional e latino-americana, bem como estruturar uma interpretação sobre suas relações com a realidade socioeconômica, urbana, cultural e tecnológica nos países analisados. O recorte temático deve-se à consideração de que edifícios de cunho cultural materializam usos, costumes e idiossincrasias através da linguagem arquitetônica, e costumam expor de forma mais contundente discursos e pensamentos, revelando a interpretação que seus autores fazem da arquitetura como fato cultural. Desta forma, normalmente se expressam por meio de obras que possuem grande impacto no entorno preexistente, estabelecendo fortes relações com a paisagem e com a dinâmica urbana, além de apresentar-se como discurso sobre o grau de evolução da técnica e da tecnologia do país onde se encontra. Serão objeto de estudo obras projetadas por arquitetos brasileiros, no país ou no exterior, e construídas no Brasil, por arquitetos nacionais ou estrangeiros, a partir do ano 2000, buscando relacioná-los com obras e projetos desenvolvidos nos demais países da América Latina. A pesquisa se integra aos estudos já levados à cabo pelo ODALC (Observatorio de Arquitectura Latinoamericana Contemporánea), grupo trinacional que estuda a produção contemporânea, formado por pesquisadores do Brasil, da Colômbia e do México, e ao grupo de pesquisa Arquitetura e Cidade Moderna e Contemporânea, da FAU-USP. (AU)