Busca avançada
Ano de início
Entree

Interações entre as mudanças de uso da terra e seus efeitos na disponibilidade hídrica no sudeste sul-americano

Processo: 16/20114-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Convênio/Acordo: Belmont Forum
Pesquisador responsável:Iracema Fonseca de Albuquerque Cavalcanti
Beneficiário:Maria Cecilia Rodrigues Do Prado
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/50687-8 - Serviços climáticos através de co-produção de conhecimento: uma iniciativa europeia e da América do Sul para fortalecer as ações de adaptação da sociedade a eventos extremos, AP.TEM
Assunto(s):Secas   Previsão hidrológica   Balanço hídrico   Uso do solo   Ciclo hidrológico

Resumo

As forçantes locais e remotas podem influenciar a variabilidade climática regional no Sudeste da América do Sul, afetando assim a disponibilidade hídrica. No sudeste brasileiro, as atividades agroflorestais têm aumentado nas últimas décadas, o que tem gerado impacto na paisagem das bacias hidrográficas e afetado o clima local. O objetivo deste estudo é investigar as interações entre as mudanças de uso do solo, a degradação florestal e a disponibilidade hídrica em bacias do sudeste brasileiro, principalmente durante secas severas na região. Serão realizadas análises que relacionem características hidroclimáticas observadas e simuladas e as dinâmicas de mudanças no uso e cobertura do solo. As mudanças históricas do uso do solo serão avaliadas através de mapas temáticos de uso do solo, os dados hidroclimáticos observados serão advindos de séries históricas disponíveis e os dados hidroclimáticos simulados serão obtidos através de um modelo hidrológico de previsão de vazões. As estatísticas acerca das séries hidroclimáticas serão analisadas e correlacionadas com as mudanças no uso do solo na região. Os resultados aumentarão o entendimento sobre os efeitos da interação entre a variabilidade climática e uso da terra local na disponibilidade hídrica no sudeste da América do Sul, principalmente durante secas severas. (AU)