Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da relação estrutura-propriedade de polímeros e sua aplicação em dispositivos sensores em eletrônica orgânica

Processo: 16/23305-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica
Pesquisador responsável:Marcelo Mulato
Beneficiário:Hugo José Nogueira Pedroza Dias Mello
Supervisor no Exterior: Emil J.W. List-Kratochvil
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Humboldt University, Alemanha  
Vinculado à bolsa:14/24559-0 - Matriz multimodal de biossensores enzimáticos: potenciométrico diferencial, óptico e condutométrico, BP.DR
Assunto(s):Técnicas biossensoriais   Polímeros condutores   Sensores químicos   Propriedades elétricas

Resumo

Polímeros condutores e conjugados são de grande importância para diversas aplicações. Entre as possíveis aplicações, o uso desses polímeros como estágio de sensibilidade ativa em sensores químicos e biossensores é bem estabelecido. O principal motivo é que as propriedades elétricas e óticas do material polimérico muda em função do processo de protonação/desprotonação que ocorre quando estes estão imersos em diferentes ambientes químicos. A variação dessas propriedades depende das características iniciais do material, que são definidas pelo método de síntese e seus parâmetros. Deste modo, é importante compreender a relação estrutura-propriedade de polímeros condutores e conjugados, desde a determinação dos níveis de energia de banda, função trabalho e processo de condução, em função da produção polimérica, e como eles afetam a condutividade e eletrocromismo do material. Eletrônica orgânica combina os materiais orgânicos com a possibilidade de otimização das propriedades, permitindo o desenvolvimento de novos dispositivos. Transistores de efeito de campo orgânicos e transistores eletroquímicos orgânicos são alguns desses novos dispositivos com grande interesse pois combinam vantagens de transistores de efeito de campo com os de materiais orgânicos eletroativos permitindo o desenvolvimento de sensores. Utilizando os materiais poliméricos e as técnicas de eletrônica orgânica para fabricação de dispositivos podemos obter sensores e biossensores. (AU)