Busca avançada
Ano de início
Entree

Estímulo mecânico como componente chave para a maturação e caracterização de cardiomiócitos humanos derivados de células-tronco pluripotentes induzidas.

Processo: 16/11321-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:José Eduardo Krieger
Beneficiário:Thayane Antoniolli Crestani
Instituição Sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/16860-2 - Caracterização morfológica e funcional de cardiomiócitos humanos derivados de células-tronco pluripotentes induzidas após estímulo elétrico, BE.EP.DR
Assunto(s):Células-tronco pluripotentes induzidas   Cardiologia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Células-tronco Pluripotentes Induzidas | Diferenciação cardíaca | estímulo mecânico | transiente de cálcio | Cardiologia

Resumo

Após um infarto agudo do miocárdio (IAM), os cardiomiócitos (CMs) são eliminados e substituídos por um tecido fibroso com baixa capacidade contrátil. O uso das células-tronco humanas pluripotentes induzidas (hiPSCs) é uma estratégia promissora para restaurar a função cardíaca, pois elas podem se diferenciar em diversos tipos celulares, como CMs (hiPSC-CMs). Porém, a caracterização completa das células geradas durante a diferenciação assim como a escolha da melhor população para usar no reparo cardíaco precisam ser aperfeiçoadas. Os objetivos deste trabalho são: 1) testar a hipótese que o estímulo mecânico possa influenciar o processo de diferenciação ou melhorar a maturação dos hiPSC-CMs; e 2) avaliar se as propriedades mecânicas e o transiente de cálcio são parâmetros críticos para determinar o melhor fenótipo de hiPSC-CMs que serão utilizados em estratégias terapêuticas ou modelagem de doenças. As hiPSCs serão reprogramadas a partir de células da urina de indivíduos saudáveis e pacientes do Instituto do Coração. Essas células serão estimuladas mecanicamente durante seu processo de diferenciação em CMs e caracterizadas fenotipicamente por parâmetros moleculares/celulares e pelos parâmetros funcionais propostos (propriedades mecânicas e transiente de cálcio). Este trabalho pode contribuir para aumentar a eficiência do processo de diferenciação das hiPSCs em CMs e para identificar os melhores parâmetros funcionais para testar os hiPSC-CMs com finalidade terapêutica (pós-IAM, por exemplo) ou modelagem de doenças genéticas cardíacas (cardiomiopatia hipertrófica, por exemplo).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CRESTANI, THAYANE; STEICHEN, CLARA; NERI, ELIDA; RODRIGUES, MARILIZA; FONSECA-ALANIZ, MIRIAM HELENA; ORMROD, BETH; HOLT, MARK R.; PANDEY, PRAGATI; HARDING, SIAN; EHLER, ELISABETH; et al. Electrical stimulation applied during differentiation drives the hiPSC-CMs towards a mature cardiac conduction-like cells. Biochemical and Biophysical Research Communications, v. 533, n. 3, p. 376-382, . (13/17368-0, 16/11321-0, 14/14086-7, 18/16860-2, 15/50216-5)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CRESTANI, Thayane Antoniolli. O estímulo elétrico aplicado durante a diferenciação das hiPSCs direciona os hiPSC-CMs a células do tipo de condução cardíaca maduras. 2020. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina (FM/SBD) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.