Busca avançada
Ano de início
Entree

Estabelecimento da técnica de monitoramento de reações selecionadas (SRM) para o estudo de proteínas de interesse na esquizofrenia

Processo: 17/00025-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Daniel Martins-de-Souza
Beneficiário:Guilherme Reis-De-Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08711-3 - Desenvolvimento de um teste preditivo para medicação bem sucedida e compreensão das bases moleculares da esquizofrenia através da proteômica, AP.JP
Assunto(s):Esquizofrenia   Proteômica   Expressão de proteínas   Biomarcadores

Resumo

A esquizofrenia é uma doença psiquiátrica crônica que atinge 1% da população mundial, que se manifesta através de uma série de sintomas que variam entre pacientes. A esquizofrenia é uma doença multifatorial cuja etiologia pode ser desencadeada por fatores genéticos e ambientais. Estudos têm revelado que alguns fatores podem levar a alteração de vias bioquímicas, através do distúrbio na expressão proteica. Dessa forma, quantificar essas proteínas possibilita a identificação de possíveis biomarcadores e melhor compreensão sobre os mecanismos patofisiológicos da esquizofrenia. O monitoramento de reações selecionadas (SRM) é a técnica de espectrometria de massas mais adequada para quantificação de proteínas, já que possui alta precisão e sensibilidade. O objetivo desse projeto é estabelecer e validar métodos de SRM para quantificar proteínas expressas diferencialmente em modelos pré-clínicos, tecido cerebral coletado post-mortem e plasma sanguíneo de pacientes com esquizofrenia. Após extração do proteoma destas amostras, as proteínas de interesse serão analisadas por SRM utilizando um sistema de cromatografia líquida acoplada a um espectrômetro de massas do tipo triplo quadrupolo (LC-SRM-MS). A construção dos métodos de SRM e análise dos dados serão feitos em softwares específicos de proteômica direcionada como o Skyline. A quantificação e validação destas proteínas possibilitará a busca por potenciais biomarcadores e elucidará os mecanismos moleculares envolvidos na esquizofrenia. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.