Busca avançada
Ano de início
Entree

Interações intraguilda de Spodoptera spp. e caracterização de movimento larval de Spodoptera eridania (Cramer) (Lepidoptera: Noctuidae) em soja Bt e não Bt

Processo: 16/19302-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Edson Luiz Lopes Baldin
Beneficiário:Thiago Luis Martins Fanela
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/08086-2 - Interações intraguilda de Spodoptera spp. e caracterização de movimento larval de Spodoptera eridania (Cramer) (Lepidoptera: Noctuidae) em soja Bt e não Bt, BE.EP.DR
Assunto(s):Soja   Pragas de plantas

Resumo

A soja [Glycine max L. (Merril)] é considerada uma commodity agrícola, com elevada produtividade e forte participação nas exportações brasileiras. No entanto, o ataque de pragas compromete uma parcela significativa de seu volume produzido. As espécies Spodoptera eridania Cramer, Spodoptera cosmioides Walker e Spodoptera frugiperda G.E. Smith (Lepidoptera Noctuidae), anteriormente consideradas pragas secundárias, atualmente têm causado danos expressivos nas principais regiões produtoras dessa oleaginosa, despertando a atenção de produtores e da comunidade científica. Fatores como a ininterrupta sucessão de cultivos envolvendo soja, milho e algodão, aliados à presença de plantas daninhas nas áreas adjacentes e a baixa eficiência de determinados inseticidas e da proteína Cry1Ac (cultivos Bt) vêm favorecendo o incremento de população e os prejuízos associados com essas três espécies no campo. Diante do exposto, torna-se importante compreender melhor a interação desses lepidópteros-praga em cultivos de soja convencional e Bt, a fim de minimizar seus impactos sobre a produtividade de grãos dessa leguminosa, bem como fundamentar a escolha das estratégias mais adequadas dentro dos preceitos do MIP. Este trabalho propõe avaliar as interações intraguilda envolvendo S. eridania, S. cosmioides e S. frugiperda e caracterizar o movimento larval de S. eridania em soja convencional e Bt e foi dividido em três etapas. Na primeira, serão realizados ensaios de interação intraguilda envolvendo as três espécies de Spodoptera, a fim de documentar aspectos comportamentais (Ethovision) e de performance dos insetos em diferentes cenários de competição. Para tanto, serão elaborados 21 cenários de interação (intra e interespecíficos), envolvendo lagartas grandes (quinto instar) e pequenas (terceiro instar) das espécies. Na segunda etapa, serão realizados ensaios em casa de vegetação (FCA/UNESP) e campo (possivelmente na Universidade de Nebraska - Lincoln), a fim de caracterizar o movimento larval de S. eridania "na planta" em soja convencional e Bt. Na última fase, será caracterizado o movimento larval do inseto "entre plantas" de soja Bt (FCA/UNESP) e convencional (possivelmente na Universidade de Nebraska - Lincoln). (AU)