Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanopartículas de sílica funcionalizadas:uma estratégia para a inativação do vírus Zika

Processo: 16/21598-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Mateus Borba Cardoso
Beneficiário:Lívia Mesquita Dias Loiola
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/25406-5 - Organizando a matéria: colóides formados por associação de surfactantes, polímeros e nanopartículas, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):19/17028-1 - Inativação irreversível do Vírus Zika por copolímeros dendríticos como agentes antivirais de ampla ação, BE.EP.PD
Assunto(s):Nanopartículas   Vírus Zika   Vírus

Resumo

O vírus Zika foi declarado pela Organização Mundial da Saúde um caso de emergência internacional em saúde pública em 2016. A infecção pelo vírus tem sido associada à microcefalia, com milhares de casos reportados apenas no Brasil. Entretanto, estratégias de inativação viral que possam alavancar o tratamento de infecções e o combate a epidemias associadas ao Zika ainda são escassas. Nesse contexto, propõe-se o desenvolvimento de nanopartículas de sílica porosas (SiO2NPs) como sistemas que promovam a inativação viral, tanto pelo seu envoltório polimérico superficial quanto pelo fármaco encapsulado, ambos com comprovada ação anti-viral. Dessa forma, poliânions, que são capazes de interferir na ligação entre vírus e células alvo, serão polimerizados à superfície das SiO2NPs por polimerização radicalar controlada do tipo RAFT. A polimerização subsequente de cadeias poliméricas biocompatíveis e biodegradáveis será utilizada como estratégia de aumento de tempo de trânsito das partículas, evitando-se a precoce inativação dos grupamentos aniônicos em aplicações intravenosas. Além disso, a partir da conjugação de grupamentos zwitteriônicos a essas cadeias poliméricas, a adsorção não-específica de proteínas presentes no plasma sanguíneo (efeito corona), e consequentes respostas imunológicas ou efeitos colaterais indesejáveis, serão evitados. Os sistemas carreadores de fármacos complexos serão então desenvolvidos durante o presente projeto de pesquisa, conjugando-se funcionalidades poliméricas à superfície das SiO2NPs. Suas propriedades estruturais e morfológicas, além de sua atividade biológica, ação anti-viral e ação preventiva ao efeito corona, serão avaliadas. Assim, considerando-se o crescente número de casos e a inexistência de tratamento clínico específico, o desenvolvimento de SiO2NPs carreadas com fármaco com recobrimentos poliméricos com ação anti-viral consistirá em uma potencial alternativa à inativação do vírus Zika. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAPELETTI, LARISSA BRENTANO; AFFONSO DE OLIVEIRA, JESSICA FERNANDO; DIAS LOIOLA, LIVIA MESQUITA; GALDINO, FLAVIA ELISA; DA SILVA SANTOS, DENYS EWERTON; SOARES, THEREZA AMELIA; FREITAS, RAUL DE OLIVEIRA; CARDOSO, MATEUS BORBA. Gram-Negative Bacteria Targeting Mediated by Carbohydrate-Carbohydrate Interactions Induced by Surface-Modified Nanoparticles. ADVANCED FUNCTIONAL MATERIALS, v. 29, n. 48 NOV 2019. Citações Web of Science: 0.
LOIOLA, LIVIA M. D.; BATISTA, MARINA; CAPELETTI, LARISSA B.; MONDO, GABRIELA B.; ROSA, RHUBIA S. M.; MARQUES, RAFAEL E.; BAJGELMAN, MARCIO C.; CARDOSO, MATEUS B. Shielding and stealth effects of zwitterion moieties in double-functionalized silica nanoparticles. Journal of Colloid and Interface Science, v. 553, p. 540-548, OCT 1 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.