Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel da adenosina e dos receptores A1 no hipotálamo lateral e área perifornical (LH/PFA) nas variações diárias da resposta ventilatória hipercápnica

Processo: 17/02181-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Mirela Barros Dias
Beneficiário:Laísa Taís Cabral Rodrigues
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/04216-8 - Mecanismos neurais envolvidos com as variações diárias do controle do quimiorreflexo central, AP.JP
Assunto(s):Ventilação pulmonar   Hipercapnia   Transmissão sináptica   Células quimiorreceptoras   Quimiorreflexo   Modelos animais

Resumo

Evidências sugerem a existência de variações diárias do controle do quimiorreflexo central, e tem sido atribuído aos neurônios orexinérgicos do hipotálamo lateral e área perifornicial (LH/PFA) o papel de mediador das variações circadianas da função quimiossensível central, porém os mecanismos envolvidos são ainda pouco conhecidos. Esse projeto tem como objetivo investigar o possível papel da adenosina e dos receptores A1 no LH/PFA na modulação da resposta ventilatória à hipercapnia em diferentes fases do ciclo sono vigília e claro-escuro. Serão realizados experimentos com ratos Wistar não-anestesiados, em um sistema de pletismografia, submetidos a microinjeções do antagonista de receptores A1, DPCPX, e seu veículo no LH/PFA, sendo estudados os efeitos dessas abordagens na ventilação em ar ambiente e em hipercapnia a 7% de CO2, no sono e na vigília tanto no período claro quanto no escuro. (AU)