Busca avançada
Ano de início
Entree

Áreas verdes e saúde humana: impacto da presença de áreas verdes na saúde da população da Região Metropolitana de São Paulo

Processo: 16/15989-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Thais Mauad
Beneficiário:Tiana Carla Lopes Moreira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/21728-2 - Uso de modernas técnicas de autópsia na investigação de doenças humanas (MODAU), AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):18/13622-3 - Áreas verdes e saúde humana: impacto das áreas verdes na saúde da população da região metropolitana de São Paulo, BE.EP.PD
Assunto(s):Diabetes mellitus   Uso do solo

Resumo

Inúmeros benefícios têm sido reportados sobre como a presença da vegetação no meio ambiente urbano gera benefícios ecossistêmicos, sociais e econômicos que podem vir a influenciar a saúde da população. Também é preciso verificar a relação da saúde humana com outros usos do solo. Estudos em diversos países europeus e Estados Unidos indicam que os espaços verdes são importantes para o bem-estar humano e dentre as diversas razões podemos citar: melhora na qualidade do ar, estética, prática de atividades físicas, produção de sombra e controle térmico. Os espaços verdes podem ser públicos e/ou privados para a obtenção dos benefícios. A Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) possui características próprias no uso e ocupação do solo e muitas vezes diferentes dos estudos já realizados nos outros países sendo assim se observa a necessidade de estudos que mostrem que estes benefícios também podem ser obtidos na região de estudo e apontem tomadas de decisões a serem adotadas para aumento da vegetação na área urbana. O índice de área verde intraurbana na RMSP é considerado pequeno e existe uma maior desigualdade socioeconômica em relação a outras cidades já estudadas. O presente estudo tem o objetivo de avaliar se os resultados encontrados em outros países poderão ser observados também na RMSP. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MOREIRA, TIANA C. L.; POLIZEL, JEFFERSON L.; SANTOS, ITAMAR DE SOUZA; FILHO, DEMOSTENES F. SILVA; BENSENOR, ISABELA; LOTUFO, PAULO A.; MAUAD, THAIS. Green Spaces, Land Cover, Street Trees and Hypertension in the Megacity of Sao Paulo. INTERNATIONAL JOURNAL OF ENVIRONMENTAL RESEARCH AND PUBLIC HEALTH, v. 17, n. 3 FEB 1 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.