Busca avançada
Ano de início
Entree

Recordar é... (viver?): uma análise da construção da personagem feminina no romance Pedro Páramo (1955), de Juan Rulfo

Processo: 16/25218-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Estrangeiras Modernas
Pesquisador responsável:Kátia Rodrigues Mello Miranda
Beneficiário:Isabelle Santana de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Literatura hispano-americana   Personagens

Resumo

O presente projeto tem como objetivo analisar a construção da personagem feminina no romance Pedro Páramo (1955), do escritor mexicano Juan Rulfo (1917-1986), mais especificamente as personagens Dolores Preciado e Susana San Juan, as quais possuem papéis bastante significativos dentro da trama, uma vez que Dolores foi esposa do protagonista Pedro Páramo, e Susana, seu grande e único amor, desde a infância. Presas até a morte às imagens e recordações de um passado feliz, embora essas mulheres não convivam na narrativa, a aproximação analítica entre elas se justifica não somente pela ligação de ambas a Pedro Páramo e por sua importância na história particular do protagonista, mas também por terem a memória como uma das principais marcas de sua construção. Dentre outros aspectos, Dolores e Susana evidenciam, também, diferentes posturas quanto ao tradicionalismo que marca a época da narrativa, ambientada no período da Revolução Mexicana (1910-1940). Assim, a análise da construção dessas personagens contemplará a discussão e problematização de elementos temáticos relevantes que emergem da narrativa, como a memória, a voz feminina e o papel social da mulher, com base em trabalhos que apresentam ampla reflexão sobre esses temas, em especial Candido (1987), Perrot (1989), Halbwachs (1999), Leite (2002), Brandão (2006), Le Goff (2006), Bezerra (2011), Arango Guevara (2014) e também em pressupostos da Crítica Literária Feminista (SHOWALTER, 1994; MACEDO, 2005, BONNICI, 2007). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)