Busca avançada
Ano de início
Entree

Distribuição geográfica, transferência horizontal e especiação em ácaros de penas (Astigmata) no Brasil

Processo: 16/11671-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2017
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:José Paulo Leite Guadanucci
Beneficiário:Luiz Gustavo de Almeida Pedroso
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/21504-0 - Distribuição geográfica, transferência horizontal e especiação em ácaros de penas (Astigmata) no Brasil, BE.EP.DR
Assunto(s):Biodiversidade   Especiação   Biogeografia   Acarologia

Resumo

Ácaros de penas representam o grupo mais diverso de ectocomensais vivendo nas aves, sendo encontrados em todos os grupos de aves modernas. A distribuição desses ácaros tende a seguir a de suas aves hospedeiras, mesmo para aves cosmopolitas, entretanto populações de aves isoladas podem apresentar acarofauna distinta. O uso de técnicas moleculares como o Barcoding tem apontado a existência de espécies crípticas de ácaros em diferentes populações de aves, com uma taxa de especiação menor para ácaros que vivem nas penas das asas e cauda para os demais. Esses ácaros são transmitidos verticalmente entre as gerações de aves por contato durante o cuidado parental, de modo que cada espécie de ave tende a apresentar uma acarofauna específica. Existem também casos de transferência horizontal de ácaros entre espécies de aves diferentes, cujos processos ainda são pouco compreendidos. Entre os grupos com uma maior chance de transferência estão as aves parasitas de ninho, cujos filhotes são cuidados por aves de outras espécies. Desse modo, o presente projeto tem o objetivo de estudar a distribuição geográfica, a transferência de hospedeiros, a morfologia e a especiação de ácaros de penas de aves do Brasil utilizando-se ferramentas moleculares de identificação, principalmente da espécie parasita de ninhos obrigatória gaudério Molothrus bonariensis (Passeriformes: Icteridae) e das espécies de aves por ele parasitadas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEDROSO, LUIZ GUSTAVO A.; HERNANDES, FABIO AKASHI. Two new feather mite species of the family Analgidae (Acariformes: Analgoidea) from the Rufous-collared Sparrow Zonotrichia capensis (Muller, 1776) (Passeriformes: Passerellidae). Zootaxa, v. 4461, n. 2, p. 233-244, AUG 21 2018. Citações Web of Science: 2.
DE ALMEIDA PEDROSO, LUIZ GUSTAVO; HERNANDES, FABIO AKASHI. An unexpected finding of mammal mites (Psoroptidia: Sarcoptoidea) on a bird. ACAROLOGIA, v. 58, n. 4, p. 963-966, 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.