Busca avançada
Ano de início
Entree

Remodelamento da musculatura esquelética induzida por restrição de fluxo sanguíneo e treinamento de força de baixa intensidade: o papel do recrutamento de neutrófilos/macrófagos

Processo: 15/23910-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Fábio Santos de Lira
Beneficiário:Fabrício Eduardo Rossi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Hipertrofia   Fisiologia do exercício

Resumo

A restrição de fluxo sanguíneo combinado com o treinamento de força de baixa intensidade (RFS) tem mostrado aumentar o tamanho muscular e força em diferentes populações. O alto estresse metabólico induzido pela RFS é hipotetizado induzir crescimento muscular, por aumentar o recrutamento de fibras de contração rápida, hormônios sistêmicos, inchaço celular, aumentando o processo hipertrófico. Em relação a resposta inflamatória, os neutrófilos são as primeiras células do sistema imune a iniciarem o processo de remodelamento tecidual, estimulado por vários mecanismos, como o aumento na produção de citocinas, espécies reativas de oxigênio, recrutamento de monócitos/ neutrófilos podendo facilitar a fagocitose de partículas estranhas, a diferenciação de mioblastos e a formação de novos myotubules, entretanto, não está claro a resposta inflamatória após agudo e crônico treinamento de força com restrição de fluxo sanguíneo e baixa intensidade. Assim, este estudo irá verificar a resposta inflamatória (perfil sistêmico de citocinas e no músculo esquelético) durante RFS. 15 adultos jovens entre 18 e 35 anos serão recrutados. Biópsia muscular será obtida do músculo vasto lateral pré a após oito semanas de treinamento (pre, após-3 horas de exercício e após-24 horas de recuperação) e coletas sanguíneas serão realizadas: 1ª e após 8ª semana de treinamento (pré, imediatamente após o exercício, após-15 minutos, após-30 minutos, após-60 minutos e após 24 horas de recuperação). Restrição de fluxo será alocada para uma perna, enquanto a outra perna controle será realizada o treinamento de força tradicional de moderada intensidade. A comparação entre os tipos de treinamento serão realizadas pela análise de variância de duas vias. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LIRA, FABIO S.; CONRADO DE FREITAS, MARCELO; GEROSA-NETO, JOSE; CHOLEWA, JASON M.; ROSSI, FABRICIO E. Comparison Between Full-Body vs. Split-Body Resistance Exercise on the Brain-Derived Neurotrophic Factor and Immunometabolic Response. JOURNAL OF STRENGTH AND CONDITIONING RESEARCH, v. 34, n. 11, p. 3094-3102, NOV 2020. Citações Web of Science: 4.
FREITAS, MARCELO C.; CHOLEWA, JASON M.; GEROSA-NETO, JOSE; GONCALVES, DANIELA C.; CAPERUTO, ERICO C.; LIRA, FABIO S.; ROSSI, FABRICIO E. A SINGLE DOSE OF ORAL ATP SUPPLEMENTATION IMPROVES PERFORMANCE AND PHYSIOLOGICAL RESPONSE DURING LOWER BODY RESISTANCE EXERCISE IN RECREATIONAL RESISTANCE-TRAINED MALES. JOURNAL OF STRENGTH AND CONDITIONING RESEARCH, v. 33, n. 12, p. 3345-3352, DEC 2019. Citações Web of Science: 3.
ROSSI, FABRICIO EDUARDO; DE FREITAS, MARCELO CONRADO; ZANCHI, NELO EIDY; LIRA, FABIO SANTOS; CHOLEWA, JASON M. The Role of Inflammation and Immune Cells in Blood Flow Restriction Training Adaptation: A Review. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 9, OCT 9 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.