Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de teste neurocognitivo digital para idosos

Processo: 17/02447-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Leandro Agostini Do Amaral
Beneficiário:Ana Julia de Lima Bomfim
Empresa:Aptor Consultoria e Desenvolvimento de Software Ltda. - ME
Vinculado ao auxílio:16/01009-0 - Ambiente lúdico adaptativo como ferramenta para proporcionar treinamento cognitivo ao público senescente, AP.PIPE
Assunto(s):Cognição   Aptidão cognitiva   Envelhecimento

Resumo

O Brasil passa por um intenso e acelerado processo de envelhecimento. Estudos apontam que em um período de 25 anos (1980-2005) a população de idosos no Brasil aumentou 126,3%, enquanto que a população total no país cresceu menos que a metade do grupo supracitado. Nesse sentido, estratégias que buscam a prevenção e promoção de saúde para essa população são necessárias. Por meio de avaliações cognitivas, é possível identificar o surgimento de declínio cognitivo nesta população, assim como acompanhar sua evolução e determinar domínios cognitivos que poderiam ser alvo de intervenções. O uso de tecnologia na área da saúde tem sido promissor e a aplicação de testes cognitivos digitais parece ser uma alternativa viável para os equipamentos de saúde. Além disso, estudos sugerem que jogos digitais poderiam melhorar a performance em alguns domínios cognitivos. O objetivo deste estudo é comparar testes cognitivos comumente utilizados na prática e testes cognitivos digitais. Além disso, espera-se desenvolver um jogo digital que avalie os domínios cognitivos. (AU)