Busca avançada
Ano de início
Entree

Proteômica mitocondrial de Drosophila melanogaster expressando a oxidase alternativa sob diferentes condições dietéticas

Processo: 17/02813-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Marcos Túlio de Oliveira
Beneficiário:Marina Minari Chioda
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/02253-6 - Investigando as alterações metabólicas causadas pela expressão transgênica da oxidase alternativa mitocondrial de Ciona intestinalis em Drosophila melanogaster, AP.JP
Assunto(s):Mitocôndrias   Transporte de elétrons   Proteômica   Drosophila

Resumo

A oxidase alternativa (AOX) é parte de uma via alternativa de transporte de elétrons da cadeia respiratória mitocondrial que atua desviando elétrons do eixo do citocromo c, reduzindo o oxigênio à água e diminuindo assim a quantidade de espécies reativas de oxigênio resultantes do processo de respiração. Quando expressa em linhagens modelo de moscas Drosophila melanogaster com disfunções neurológicas e mitocondriais, a AOX apresentou atuação satisfatória na diminuição significativa do fenótipo deletério associado a essas linhagens. Dentre as características da AOX, uma delas é que esta enzima não é capaz de bombear prótons para o espaço intermembrana da mitocôndria, levando teoricamente a um reduzido potencial eletroquímico e, consequentemente, a uma diminuição na quantidade de ATP produzida. Tal fator sugere que a glicólise anaeróbica possa ter um papel fundamental na compensação do ATP mitocondrial produzido quando a enzima AOX é expressa. Os dados obtidos a partir do cultivo dessas moscas em diferentes condições dietéticas mostraram que houve 80% de queda na taxa de emergência quando cultivadas em dieta restrita. Assim, com o objetivo de analisar em detalhes este efeito negativo da AOX em condição de estresse nutricional, o estudo de proteômica mitocondrial será realizado a fim de investigar e também levantar hipóteses a respeito da natureza molecular causadora do defeito no desenvolvimento proporcionado pela AOX nessas condições. Além disso, ensaios de desenvolvimento serão feitos visando compreender se apenas a presença de AOX é a causa do fenótipo observado ou se ainda, a expressão de AOX em tecidos específicos como músculos e neurônios são capazes de comprometer a taxa de emergência dessas moscas quando submetidas a uma dieta restrita em carboidratos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAMARGO, ANDRE F.; CHIODA, MARINA M.; RODRIGUES, ANA P. C.; GARCIA, GEOVANA S.; MCKINNEY, EMILY A.; JACOBS, HOWARD T.; OLIVEIRA, MARCOS T. Xenotopic expression of alternative electron transport enzymes in animal mitochondria and their impact in health and disease. Cell Biology International, v. 42, n. 6, SI, p. 664-669, JUN 2018. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CHIODA, Marina Minari. Proteômica mitocondrial de Drosophila melanogaster expressando a oxidase alternativa sob diferentes condições dietéticas. 2019. 100 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.