Busca avançada
Ano de início
Entree

Análises fisiológicas e do S-nitroproteoma durante a embriogênese in vivo e in vitro do pinheiro brasileiro (Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze)

Processo: 17/01284-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Botânica Aplicada
Pesquisador responsável:André Luiz Wendt dos Santos
Beneficiário:André Luiz Wendt dos Santos
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/21075-4 - Análises fisiológicas e do S-nitroproteoma durante a embriogênese in vivo e in vitro do Pinheiro brasileiro (Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze), AP.JP
Assunto(s):Embriogênese somática   S-nitrosação   Poliaminas   Óxido nítrico   Coníferas

Resumo

O objetivo do projeto é identificar mecanismos moleculares e fisiológicos que modulam a embriogênese do pinheiro brasileiro, e com estas informações superar a recalcitrância in vitro para o desenvolvimento embriogênico nesta espécie. Para atingir este objetivo, nós iremos combinar informações provenientes de linhagens celulares com diferentes potenciais embriogenicos do Pinheiro Brasileiro e de Medicago truncatula. Para identificação dos mecanismos moleculares e fisiológicos que modulam a embriogênese em ambos os sistemas, serão utilizados dados de proteômica (eletroforese bidimensional - LC-MS/MS e GeLC-MS/MS) associados a manipulação farmacológica dos níveis endógenos de óxido nítrico (ON) e poliaminas (PAs). Será dada ênfase a regulação promovida por modificação pós-traducional mediada por s-nitrosilação durante a embriogênese in vitro e in vivo. Os resultados gerados vão proporcionar informações básicas e aplicadas de biologia celular vegetal, principalmente com relação as vias de sinalização reguladas pela s-nitrosilação de proteínas e sua influência no processo de biossíntese de poliaminas no pinheiro brasileiro e em Medicago truncatula, bem como do seu uso para a propagação do pinheiro brasileiro utilizando a embriogênese somática. A formação e experiência do proponente do projeto associado aos grupos de pesquisa envolvidos (BIOCEL (IB/USP) e BCV-ITQB (Universidade Nova de Lisboa)) serão essenciais para atingir os objetivos propostos.