Busca avançada
Ano de início
Entree

Contribuição da proteína de transferência de colesteril éster (CETP) sobre o metabolismo energético

Processo: 16/24898-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Helena Coutinho Franco de Oliveira
Beneficiário:Júlia Zago Castelli
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Adiposidade   Obesidade   Consumo de oxigênio   Metabolismo energético

Resumo

O crescente avanço da epidemia da obesidade indica que o estudo dos mecanismos fisiológicos e moleculares pode ser útil na identificação de alvos para combatê-la. Diversas proteínas têm sido associadas direta ou indiretamente à adipogênese. A CETP, uma proteína que promove a troca de lipídeos neutros, classicamente conhecida pelo seu papel no transporte reverso de colesterol, tem sido estudada pelo nosso grupo de pesquisa, sugerindo um novo papel na redução da adiposidade. Dados ainda não publicados mostram que a expressão da CETP aumenta a lipólise (50%) e o consumo de oxigênio (10%), reduzindo a adiposidade (30%) e leptinemia (40%) de camundongos transgênicos. Tais processos devem ser decorrentes do aumento da expressão de genes (ATGL, HSL, B3AR, UCP1) e proteínas (HSL, B3AR) chaves para a lipólise e termogênese. Experimentos mais recentes falharam em comprovar aumento de expressão proteica de UCP1 e atividade de UCP1 por unidade mitocondrial, indicando que a respiração de outros tecidos pode estar contribuindo com o maior gasto energético dos animais que expressam a CETP. Assim, esse projeto se propõe a investigar mecanismos pelos quais a CETP contribui no aumento do gasto energético corporal. (AU)