Busca avançada
Ano de início
Entree

O cruzamento de fronteiras entre literatura, cinema e roteiro cinematográfico em o céu e o fundo do mar, de Fernando Bonassi, e Miguel e os Demônios, de Lourenco Mutarelli

Processo: 16/24304-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literatura Brasileira
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Arnaldo Franco Junior
Beneficiário:Marília Corrêa Parecis de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Teoria literária   Cinema   Literatura

Resumo

Este projeto de pesquisa tem como objeto de estudo a novela O céu e o Fundo do Mar, de Fernando Bonassi, publicada em 1999, e o romance Miguel e os Demônios, de Lourenço Mutarelli, publicado em 2009. Neles, visamos identificar e investigar como se estabelece, em cada texto literário, o diálogo com o cinema e com o gênero roteiro cinematográfico, por meio da incorporação de recursos eminentemente visuais pelo texto literário, com o intuito de analisar em que efeitos estéticos e de sentido tal incorporação resulta. Para a discussão, apoiaremo-nos na perspectiva da intermidialidade, que, de acordo com Rajewsky (2012), se manifesta quando signos próprios de uma mídia são utilizados para forjar a composição da materialidade de outra de modo a provocar uma simulação. Levaremos em conta, a partir da bibliografia selecionada, as relações estabelecidas entre cinema e literatura ao longo dos anos, objetivando, com isso, demonstrar a potencialidade da relação intermidiática entre os dois campos (literatura e cinema) com base na observação, nos romances, dos procedimentos de escrita literária que se assemelham aos procedimentos utilizados pelas narrativas cinematográficas, tais como a utilização do foco narrativo que Friedman (2002) denomina câmera e de procedimentos que remetem à montagem cinematográfica, nos termos de Eisenstein (2002). Para a análise, temos como fundamentação teórica, também, os apontamentos de Shail (2014) sobre a relação, no início do século XX, entre o surgimento do cinema e da, então, emergente estética literária conhecida como modernismo. Ainda, nos apoiaremos nas definições que Field (1995) e Comparato (2009) estabelecem para o gênero roteiro, com o intuito de refletir sobre essas duas obras quanto ao gênero literário. Desse modo, compreendemos que aos papéis ocupados pela literatura e pelo cinema no complexo horizonte contemporâneo marcado pela indústria cultural faz-se necessário lançar um novo olhar. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OLIVEIRA, Marília Corrêa Parecis de. O cruzamento de fronteiras entre literatura, cinema e roteiro cinematográfico em "O céu e o fundo do mar", de Fernando Bonassi, e "Miguel e os demônios", de Lourenço Mutarelli. 2019. 162 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.