Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinantes da dispersão de sementes e de genes de uma palmeira tropical através de paisagens fragmentadas e defaunadas

Processo: 16/22843-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 17 de abril de 2017
Vigência (Término): 11 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Mauro Galetti Rodrigues
Beneficiário:Carolina da Silva Carvalho
Supervisor no Exterior: Cristina Garcia Perez
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade do Porto (UP), Portugal  
Vinculado à bolsa:14/01029-5 - Efeitos ecológicos e genéticos da variação do tamanho das sementes em paisagem defaunada, BP.DR
Assunto(s):Dispersão de sementes   Genética da paisagem   Fragmentação

Resumo

Múltiplos fatores podem influenciar a dispersão genética das plantas em paisagens antropizadas, mas pouco se sabe sobre como esses fatores se relacionam para gerar os padrões observados. O principal objetivo desse projeto é entender como varia a diversidade genética da chuva de sementes de uma palmeira dispersada por aves (Euterpe edulis) dentro e entre remanescentes florestais. Múltiplas hipóteses concorrentes serão testadas para avaliar a contribuição de diversos fatores na dispersão genética via sementes. As sementes serão coletadas através de coletores de sementes em 10 paisagens ao longo de um gradiente de cobertura florestal de Mata Atlântica. Os genótipos multilocos de microssatélites serão analisados através de métricas de diversidade genética: Alfa (a diversidade de genótipos maternais em cada sítio de deposição de sementes); Gama (a diversidade total de genótipos maternais para a área de floresta) e Delta (a divergência de progênies maternais entre sítios de deposição). Além disso, o número de sementes e a coancestria genética entre as sementes em cada sítio também serão analisados. Dois conjuntos de variáveis microambientais serão coletados no campo para modelar a diversidade genética em escala fina: (1) características que afetam a frugivoria e (2) características estruturais que influenciam a movimentação e uso de habitat das aves frugívoras. Dois conjuntos de variáveis da paisagem serão obtidos para modelar a diversidade genética em escala de paisagem: (1) Características estruturais da paisagem, e (2) características das populações da palmeira E. edulis e da comunidade de aves dispersoras de sementes. Os resultados devem avançar nossa compreensão sobre os mecanismos que alteram os processos de dispersão de sementes e dispersão genética em ambientes modificados.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BULLOCK, JAMES M.; BONTE, DRIES; PUFAL, GESINE; CARVALHO, CAROLINA DA SILVA; CHAPMAN, DANIEL S.; GARCIA, CRISTINA; GARCIA, DANIEL; MATTHYSEN, ERIK; MAR DELGADO, MARIA. Human-Mediated Dispersal and the Rewiring of Spatial Networks. TRENDS IN ECOLOGY & EVOLUTION, v. 33, n. 12, p. 958-970, DEC 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.