Busca avançada
Ano de início
Entree

Proteína e sódio sobre o balanço hídrico de gatos

Processo: 16/25337-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Aulus Cavalieri Carciofi
Beneficiário:Ana Paula Grandini Zaneti
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Gatos   Felidae   Ingestão de líquidos   Ração   Balanço hídrico
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Felinos | ingestão hídrica | Macrominerais | Urólitos | Nutrição Clínica e Doenças Nutricionais

Resumo

Gatos ingerem pouco volume de água, principalmente quando alimentados com ração seca. Esse comportamento vem sendo relacionado ao aumento de formação de urólitos por esses animais. Estes produzem urinas mais concentradas, essa maior concentração induz aumento na saturação urinária, conhecido fator de risco para urolitíase. O presente estudo tem por objetivo avaliar, em dietas secas extrusadas, a influência da ingestão de diferentes concentrações de proteína e sódio sobre o balanço hídrico de gatos. Para isso, serão formuladas 4 rações: AA composta por alta proteína e alto sódio, AB com alta proteína e baixo sódio, BA com baixa proteína e alto sódio e BB com baixa proteína e baixo sódio. O experimento será realizado em delineamento inteiramente casualizado, esquema fatorial 2x2, com 4 dietas, 28 gatos, 7 gatos por dieta. Os animais serão mantidos em gaiolas metabólicas durante 10 dias de adaptação à dieta, seguidos de 5 dias de coleta total de fezes e urina. Para computar o balanço hídrico, as quantidades oferecidas e as sobras de água serão pesadas permitindo calcular o consumo diário. Será quantificada perda de água por evaporação do bebedouro e descontada na ingestão diária de cada animal. O cálculo compreenderá, ainda, ingestão de água através do alimento, ingestão de água potável, água metabólica, consumo total de água (obtido pela soma dos três primeiros itens). Também serão calculadas as perdas insensíveis (água ingerida total menos a água das fezes mais urina), a excreção fecal de água, a excreção urinária e a excreção total de água (soma dos três últimos itens). Os dados serão avaliados por análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey e contrastes de interesse (P<0,05). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)