Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da permissividade de Zika vírus, linhagens asiática e africana, em células neurais e salivares humanas e comparação da cinética dos vírus cultivados

Processo: 16/21085-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Paolo Marinho de Andrade Zanotto
Beneficiário:Isabelle Sthefanie Veloso Bonanato
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Linhagem celular   Virologia   Vírus Zika   Infecções por Arbovirus

Resumo

Os arbovírus são transmitidos por artrópodes e são responsáveis por doenças infecciosas emergentes e reemergentes em diferentes áreas do mundo. O Zika vírus (ZIKV) é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, mesmo transmissor do vírus da dengue e do vírus chikungunya. O contágio do vírus ZIKV se dá pela picada do mosquito que, após picar alguém contaminado, pode transportar o ZIKV durante todo o seu ciclo vital, transmitindo a doença para uma população que não possui anticorpos contra ele. A transmissão vertical do ZIKV (da gestante para o bebê) foi observada levando a compreensão sobre a interação deste patógeno com as células progenitoras corticais do feto. Além disso, foi observada a falta de exacerbação de citocinas em casos de Zika. Neste contexto, o presente estudo tem como objetivo compreender a infecção do ZIKV em linhagens celulares distintas e identificar e comparar as cinéticas de infecção dos isolados: asiático e africano. Por fim, fornecer novas perspectivas da biologia básica deste vírus. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.