Busca avançada
Ano de início
Entree

Abrimentos de boca: Camilo Castelo Branco entre bocejo e pasmo na afirmação do romance português

Processo: 17/01833-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 03 de abril de 2017
Vigência (Término): 02 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Teoria Literária
Pesquisador responsável:Antonio Alcir Bernardez Pecora
Beneficiário:Daniel Reizinger Bonomo
Supervisor: Abel José Barros Baptista
Instituição Sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade Nova de Lisboa, Portugal  
Vinculado à bolsa:15/21668-5 - Aborrecimento e Romance, BP.PD
Assunto(s):Romance   Literatura portuguesa   Obra literária
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Aborrecimento | Afirmação do romance | Camilo Castelo Branco | Romance Português | teoria do romance | Teoria do romance

Resumo

Propõe-se um estágio de pesquisa na Universidade Nova de Lisboa para a redação de um ensaio sobre a trilogia romanesca de Camilo Castelo Branco composta de Onde está a felicidade? Um homem de brios e Memórias de Guilherme do Amaral. O ensaio, projetado como capítulo da pesquisa principal em andamento, deve responder pela discussão de um episódio exemplar no que respeita à economia formal entre bocejo e arroubo passional na afirmação do romance português, contribuindo, dessa maneira, com um passo decisivo para o estudo "Aborrecimento e romance". O estágio no exterior prevê além disso levantamentos bibliográficos fundamentais para o desenvolvimento ulterior de outras duas etapas do mesmo estudo, nomeadamente do ensaio sobre A cidade e as serras, de Eça de Queiroz, e da discussão conceitual do termo "aborrecimento", que remonta ao Leal conselheiro de dom Duarte. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)