Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem e simulação de processos de polimerização por abertura de anel para a produção de poli (L-ácido lático) (PLLA)

Processo: 16/19847-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Liliane Maria Ferrareso Lona
Beneficiário:Raphael Palucci Rosa
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Reações químicas   Reatores químicos

Resumo

O poli (ácido lático) (PLA) é um polímero que vem atraindo grande interesse, em função de suas propriedades biodegradáveis e biocompatíveis. O PLA pode ser produzido por duas rotas diferentes: policondensação direta e polimerização por abertura de anel (do inglês - Ring Open Polymerization - ROP), sendo a última mais interessante do ponto de vista industrial. A cinética da polimerização por abertura de anel do lactídeo tem sido investigada por muitos pesquisadores em nível experimental, porém existem poucos trabalhos na literatura que focam a modelagem matemática de tais sistemas. O objetivo deste projeto é o desenvolvimento de um modelo matemático e de um programa computacional para a simulação da polimerização por abertura de anel do L-lactídeo, usando como catalisador o octanoato de estanho (Sn(Oct)2) e como iniciador diferentes tipos de substâncias que são fontes de hidroxila. Inicialmente será considerado o álcool 1-dodecanol como iniciador, segundo já reportado na literatura. Em seguida serão testadas como iniciador substâncias inéditas na literatura, como é o caso do monômero funcional 1-dodecenol (que contém uma hidroxila e uma dupla ligação carbono-carbono, que pode ser rompida numa futura polimerização via radical livre); do glicerol (que é usado comp plastificante e tem grupos OH) e da nanocelulose (que atua como carga ao polímero para a produção de nanocompósitos, e que é rica em hidroxilas). Resultados de simulação serão validados com dados experimentais de literatura e de nosso grupo de pesquisa. Espera-se que desenvolver um software genérico que seja capaz de predizer o comportamento da ROP do L-lactídeo para diferentes tipos de iniciadores funcionais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROSA, RAPHAEL P.; FERREIRA, FILIPE V.; SARAVIA, ANA PAOLA K.; ROCCO, SILVANA A.; SFORCA, MAURICIO L.; GOUVEIA, RUBIA F.; LONA, LILIANE M. F. A Combined Computational and Experimental Study on the Polymerization of epsilon-Caprolactone. Industrial & Engineering Chemistry Research, v. 57, n. 40, p. 13387-13395, OCT 10 2018. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.