Busca avançada
Ano de início
Entree

O gosto literário como um problema sociológico: Raymond Williams em perspectiva

Processo: 16/14835-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Alexandro Henrique Paixão
Beneficiário:Yasmim Manatta Camardelli
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Sociologia da literatura   Escritores

Resumo

A questão do gosto literário se destaca como problema eminentemente sociológico, abordado por diferentes tradições intelectuais. Dentre os autores que discutem o problema, está Raymond Williams, que o refere a noções como as de caráter social e padrão cultural. Este trabalho propõe um exame do processo histórico de formação do conceito de gosto, desde o seu início na tradição romântica, até a contemporaneidade de Williams. A pesquisa deve acompanhar e explicitar os desenvolvimentos que vinculam esses dois momentos, culminando no conceito de gosto tal como se emprega nos textos do próprio autor galês. Tomando por base dois de seus livros - Culture and Society (1958) e The Long Revolution (1961) -, procuraremos demonstrar o sentido e a função que o conceito assume na obra do autor. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.