Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do desenvolvimento sexual de ratos machos e fêmeas expostos ao cloreto de tributil-estanho (TBTCl) durante a gestação e lactação, aliado ou não, à suplementação calórica após o desmame

Processo: 16/21438-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Pesquisador responsável:Carla Dal Bianco Fernandez
Beneficiário:Lethycia Almeida Santos Azuma
Instituição Sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade do Sagrado Coração (USC). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Puberdade   Desenvolvimento sexual   Tributil estanho   Modelos animais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:desenvolvimento | fêmea | macho | Puberdade | tributilestanho | Toxicologia da reprodução e do desenvolvimento

Resumo

O tributilestanho (TBT) é um componente tóxico com uso em diversos setores da indústria, e também nos cascos de navios para o combate à bioincrustação, o que vem gerando altas contaminações, principalmente no meio aquático. A exposição a esses compostos orgânicos de estanho pode ocasionar mudanças hormonais em diversos organismos, provocando inclusive efeitos de intersexualidade. Assim, no presente trabalho, pretende-se avaliar o desenvolvimento sexual de animais expostos ao TBT, durante o período gestacional e lactacional. O TBT também age como agente obesogênico, induzindo adipogênese in vitro e in vivo, e assim, adicionalmente pretende-se avaliar os possíveis efeitos reprodutivos advindos da ação obesogênica deste composto. Para isso, serão utilizados ratos machos e fêmeas adultas, da linhagem Wistar, que serão mantidos em condições controladas de luminosidade e temperatura, e submetidos a acasalamentos. Então, as ratas prenhes ou lactentes serão mantidas em gaiolas individuais e pesadas a cada dois dias para o acompanhamento do ganho de peso, e determinação da dose a ser administrada. As ratas prenhes serão tratadas com veículo ou TBTCl - 1 ou 2 mg/kg, durante a gestação e lactação, e os filhotes após o desmame, serão alimentados com dieta padrão ou dieta hiperlipídica. Ao nascimento, os filhotes serão pesados e avaliados quanto ao sexo e a malformações externas, e será feita a medida da distância anogenital. Durante o desenvolvimento os filhotes machos serão avaliados quanto à idade de descida testicular e separação prepucial, e as fêmeas quanto à idade de abertura vaginal e primeiro estro, indicativos da puberdade. Após a instalação da puberdade, os animais serão eutanasiados, terão o sangue coletado para realização de dosagens dos hormônios sexuais, e os órgãos sexuais coletados para avaliações histológicas. Para comparação dos dados obtidos, serão utilizados os testes estatísticos ANOVA, com teste "a posteriori" de Dunnett ou o teste não paramétrico de Kruskall-Wallis, com teste "a posteriori" de Dunn, de acordo com a característica de cada variável. As diferenças serão consideradas estatisticamente significativas quando p<0,05. Assim, com o presente projeto, pretende-se contribuir com a literatura científica, acrescentando conhecimentos acerca do papel dos contaminantes ambientais sobre os problemas reprodutivos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)