Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do impacto do uso de biolarvicidas no controle da malária em uma área de alta transmissão na Amazônia Brasileira

Processo: 16/25617-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marcelo Urbano Ferreira
Beneficiário:Pablo Secato Fontoura
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/11420-7 - Manejo dos criadouros de larvas em tanques de piscicultura na Amazônia Brasileira: impacto da aplicação de biolarvicida na densidade larvária de Anopheles Darlingi e na transmissão da malária local, BE.EP.PD
Assunto(s):Amazônia Brasileira   Malária

Resumo

Casos de malária no Brasil atingiram seu nível mais baixo em 35 anos, com transmissão virtualmente restrita à Amazônia Legal. Neste contexto, o Ministério da Saúde do Brasil lançou, em novembro de 2015, o Plano para a Eliminação da Malária no Brasil. A natureza focal da malária no país indica que a sua eliminação depende da priorização de um pequeno número de focos de transmissão. Na região do Vale do Juruá, onde concentra-se 20% dos casos de malária registrados no Brasil, a instalação de criadouros artificiais de peixes foi estimulada para o aumento do desenvolvimento econômico local. Entretanto, a precária manutenção e o abandono desses tanques de piscicultura tem sido associado a presença de mosquitos do gênero Anopheles e consequentemente com a transmissão da malária na região. O principal desafio abordado neste projeto refere-se a manutenção de altas densidades de vetores, especialmente em função do surgimento de novos criadouros artificiais resultantes da ação humana sobre o ambiente. Estratégias de controle larvário do mosquito podem ser utilizadas como ferramentas efetivas no controle integrado de vetores para a redução da malária. Assim, objetiva-se avaliar o impacto da aplicação - em tanques de piscicultura no município de Rodrigues Alves (Acre) - de dois tipos de biolarvicidas disponíveis comercialmente, VectoLex® (formulação granular de Bacillus sphaericus - cepa 2362) e o VectomaxTM (formulação granular com a combinação em micropartículas da toxina produzida pelo Bacillus thuringiensis sub. israelensis [cepa AM65-52] e por Bacillus sphaericus [cepa 2362]) no desenvolvimento larvário do Anopheles spp. afim de (a) avaliar o efeito residual e os intervalos de retratamento; (b) desenvolver uma estratégia de aplicação em larga escala e, (c) analisar por meio de microssatélites a relação genética entre as populações de formas larvárias e adultas do Anopheles darlingi capturadas nas proximidades dos domicílios participantes. Sequencialmente para avaliarmos o impacto na transmissão da malária será realizada a prevalência de infecção (antes e depois da intervenção) em moradores de 10 domicílios situados em um raio de 500 m em torno de cada criadouro. Espera-se, deste modo, traduzir evidências científicas no campo na Amazônia brasileira em intervenções efetivas para a eliminação de focos de transmissão residual de malária no Brasil. (AU)