Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação clínica de diferentes taxas de infusão de detomidina e metadona em cavalos em estação

Processo: 17/01425-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Stelio Pacca Loureiro Luna
Beneficiário:Miguel Gozalo Marcilla
Supervisor no Exterior: Stijn Schauvliege
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa : Ghent University (UGent), Bélgica  
Vinculado à bolsa:14/00474-5 - Efeitos antinociceptivos e farmacocinética em equinos tratados com diferentes doses baixas de metadona e detomidina, BP.PD
Assunto(s):Anestesiologia veterinária   Analgesia   Procedimentos clínicos   Metadona

Resumo

Existe atualmente uma tendência crescente na prática equina para evitar os riscos da anestesia geral através da aplicação de protocolos de sedação para procedimentos com duração superior a 45 a 60 minutos. O uso de infusões continuas (ICs) intravenosas (IV) é obrigatório para produzir concentrações plasmáticas em cavalos em estação, evitando os picos e depressões associados às administrações em bolo. O uso de ICs de detomidina para sedação de em estação nos cavalos tem sido reportado principalmente como infusão única, após sedação com detomidina isolada ou associada a opióides, como a morfina e a buprenorfina, com o objetivo de potencializar a sedação e proporcionar analgesia. Até à data, não existem estudos clínicos que relatem a administração concomitante de uma IC de detomidina combinada com uma infusão de um opióide, como a metadona.Nossa pesquisa de pós-doutorado mostrou, até agora, que um bolo IV de metadona (0,2 mg/kg) potencializou a antinocicepção produzida pela detomidina nas doses de 5 e 10 ¼g/kg. Os efeitos adversos como sedação profunda, ataxia e hipomotilidade intestinal prolongada foram diminuídos quando a metadona foi combinada com 5 ¼g/kg de detomidina em comparação com a dose mais alta. Os dados farmacocinéticos foram obtidos no último semestre de 2016 e a modelagem dos dados farmacocinéticos e farmacodinâmicos será realizada em fevereiro de 2017, durante a visita do candidato ao Royal Veterinary College (RVC) de Londres. Com esses dados, diferentes protocolos para sedação de médio e longo prazo serão determinados e suas propriedades sedativas e antinociceptivas serão testadas em circunstâncias experimentais (março a maio de 2017).Com esses resultados, e com a ausência de grandes estudos clínicos, estamos solicitando para esta bolsa BEPE para testar nossos protocolos em uma instituição bem conhecida, com um grande número de casos que podem ser aplicáveis para a nossa pesquisa. Essa cooperação internacional nos permitiria finalizar nosso projeto testando nossas técnicas de infusão em um cenário real. Além disso, como explicado no projeto, é proposta uma pesquisa adicional, que envolve a validação de uma escala de dor pós-operatória em cavalos recentemente publicada pelo orientador deste projeto, o Prof. Dr. Stelio Pacca Loureiro Luna. Este trabalho foi apoiado pela FAPESP (2010/08967-0 e 2010/00786-6) e a permanência do requerente em Gante pode ser utilizada para a validação dessa escala também.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GOZALO-MARCILLA, MIGUEL; LUNA, STELIO P. L.; GASTHUYS, FRANK; POLLARIS, ELKE; VLAMINCK, LIEVEN; MARTENS, ANN; HASPESLAGH, MAARTEN; SCHAUVLIEGE, STIJN. Clinical applicability of detomidine and methadone constant rate infusions for surgery in standing horses. VETERINARY ANAESTHESIA AND ANALGESIA, v. 46, n. 3, p. 325-334, MAY 2019. Citações Web of Science: 0.
SCHAUVLIEGE, STIJN; CUYPERS, CHARLOTTE; MICHIELSEN, ANNELEEN; GASTHUYS, FRANK; GOZALO-MARCILLA, MIGUEL. How to score sedation and adjust the administration rate of sedatives in horses: a literature review and introduction of the Ghent Sedation Algorithm. VETERINARY ANAESTHESIA AND ANALGESIA, v. 46, n. 1, p. 4-13, JAN 2019. Citações Web of Science: 1.
GOZALO-MARCILLA, M.; GASTHUYS, F.; LUNA, S. P. L.; SCHAUVLIEGE, S. Is there a place for dexmedetomidine in equine anaesthesia and analgesia? A systematic review (2005-2017). JOURNAL OF VETERINARY PHARMACOLOGY AND THERAPEUTICS, v. 41, n. 2, p. 205-217, APR 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.