Busca avançada
Ano de início
Entree

Descrição de um novo mecanismo de comunicação celular entre células do sistema reprodutivo feminino e oócito mediado por vesículas extracelulares e seus impactos na maturação de oócitos, fertilização e a clivagem de embriões bovinos

Processo: 17/02037-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 26 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Juliano Coelho da Silveira
Beneficiário:Ana Clara Faquineli Cavalcante Mendes de Ávila
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/22887-0 - Exossomos e microvesículas contendo miRNAs modulam mudanças epigenéticas durante o cultivo in vitro de gametas e embriões em bovinos, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):18/14869-2 - O papel das vesículas extracelulares na comunicação intercelular em complexos cumulus-oócitos bovinos durante a maturação in vitro, BE.EP.MS
Assunto(s):Bovinos   MicroRNAs

Resumo

O uso de técnicas de reprodução assistida é uma alternativa para solucionar problemas reprodutivos em espécies domésticas e em humanos. Todavia, existe a preocupação de que o cultivo in vitro de gametas e embriões possa gerar mudanças epigenéticas as quais podem levar à maior pré-disposição a problemas cardíacos, reprodutivos ou desenvolvimento de tumores na vida adulta. Alterações epigenéticas são reguladas por metilação do DNA, por modificações pós-traducionais de histonas ou por microRNAs (miRNA). Os miRNAs são RNAs não codificadores de proteínas que regulam a expressão gênica durante diferentes processos de diferenciação tecidual. Recentemente, vesículas secretadas por células, chamadas de exossomos e microvesículas, foram encontradas em diferentes fluídos corporais contendo material bioativo incluindo miRNAs. Estas vesículas são consideradas uma nova classe de comunicação celular com possíveis implicações em diferentes processos fisiológicos. Entretanto o seu papel na aquisição de competência dos gametas e no desenvolvimento embrionário ainda é amplamente desconhecido. A hipótese que será testada é que vesículas secretadas por células foliculares e células do oviduto são capazes de alterar as taxas de maturação e fertilização de oócitos in vitro. Para testar esta hipótese vesículas serão isoladas a partir de líquido folicular ou meio de cultura de células do oviduto e adicionadas nos meios de cultura de oócitos e embriões O objetivo é determinar os efeitos exercidos por vesículas secretadas por células do sistema reprodutivo nas taxas de maturação oocitária, fertilização e clivagem embrionária in vitro. Os resultados obtidos nesse projeto permitirão o desenvolvimento de protocolos mais similares à condição fisiológica para a produção in vitro de embriões, com grande impacto na indústria de reprodução assistida em bovinos e em humanos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAVALCANTE MENDES DE AVILA, ANA CLARA FAQUINELI; ANDRADE, GABRIELLA MAMEDE; BRIDI, ALESSANDRA; GIMENES, LINDSAY UNNO; MEIRELLES, FLAVIO VIEIRA; PERECIN, FELIPE; DA SILVEIRA, JULIANO COELHO. Extracellular vesicles and its advances in female reproduction. ANIMAL REPRODUCTION, v. 16, n. 1, p. 31-38, JAN-MAR 2019. Citações Web of Science: 1.
DA SILVEIRA, JULIANO C.; DE AVILA, ANA CLARA F. C. M.; GARRETT, HANNAH L.; BRUEMMER, JASON E.; WINGER, QUINTON A.; BOUMA, GERRIT J. Cell-secreted vesicles containing microRNAs as regulators of gamete maturation. Journal of Endocrinology, v. 236, n. 1, p. R15-R27, JAN 2018. Citações Web of Science: 14.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.