Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do transcriptoma de culturas celulares de pacientes acometidos pela da síndrome de Richieri-Costa-Pereira

Processo: 17/01716-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Maria Rita dos Santos e Passos Bueno
Beneficiário:Giovanna Pontillo Guimarães
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Análise de sequência de RNA   Transcriptoma   Crista neural   Anormalidades craniofaciais

Resumo

A síndrome de Richieri-Costa Pereira (RCPS) é uma doença craniofacial rara com padrão de herança autossômico recessivo. O quadro clínico é caracterizado por defeitos de fusão de mandíbula, micrognatia, glossoptose, além de anomalias ósseas. A síndrome é causada por expansões na região 5'UTR do gene EIF4A3, as quais acarretam a diminuição da expressão desse gene. EIF4A3 faz parte da maquinaria básica de processamento de RNAm. Os sinais clínicos da RCPS sugerem distúrbios durante o desenvolvimento de células de crista neural (NCCs) no embrião. Foi realizado o sequenciamento de RNA em NCCs de pacientes acometidos pela síndrome e controles para avaliar se níveis mais baixos de EIF4A3 interferem nos níveis e/ou processamento de transcritos importantes para o desenvolvimento craniofacial. Com estes resultados, pretendemos identificar primeiramente genes diferencialmente expressos e alterações de splicing potencialmente relacionados à etiologia RCPS. Validaremos estes resultados por meio de PCR quantitativa em tempo real e PCR convencional/sequenciamento de Sanger, selecionando transcritos com base em sua relevância funcional para a doença. Os resultados advindos deste projeto serão importantes para esclarecer como mecanismos genéticos e celulares básicos resultam em malformações craniofaciais, bem como abre caminhos para pesquisas que visem melhoramento/desenvolvimento de terapias. (AU)