Busca avançada
Ano de início
Entree

Processamento digital de imagens satelitais aplicado na obtenção de mapeamentos para subsídio da análise das áreas inundáveis na Amazônia Brasileira

Processo: 17/04665-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Acacio Aparecido Navarrete
Beneficiário:Rafael da Róz
Instituição-sede: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/16687-3 - Dinâmica da produção e consumo de metano pela microbiota ativa em áreas inundáveis da Amazônia, AP.PFPMCG.JP
Assunto(s):Sensoriamento remoto   Sistema de informação geográfica (SIG)   Uso do solo   Ecologia da paisagem   Geoprocessamento   Imageamento de satélite   Processamento de imagens

Resumo

Os recursos naturais e o meio ambiente da Terra estão em mudanças contínuas em resposta à evolução natural e às atividades humanas. Para compreender o complexo inter-relacionamento dos fenômenos que causam estas mudanças é necessário fazer observações com uma grande gama de escalas temporais e espaciais. A observação da Terra por meio de satélites é a maneira mais efetiva e econômica de coletar os dados necessários para monitorar e modelar estes fenômenos, especialmente em países de grande extensão territorial, como o Brasil. Com o auxílio de softwares dedicados exclusivamente para tratamento de imagens, é possível gerar imagens com diferentes composições de cores, ampliações de partes das imagens e classificações temáticas dos objetos nelas identificados, obtendo-se assim produtos como mapas temáticos que são usados para estudos de geologia, vegetação, uso da terra, relevo, agricultura, rede de drenagem, inundações, entre outros. Estes produtos, apresentados sobre áreas específicas ou sobre um contexto mais regional, permitem diagnósticos eficientes, propõem soluções de baixo custo e criam alternativas inteligentes para os desafios enfrentados face às mudanças aceleradas que observamos em nosso território. Neste sentido, este plano de trabalho de bolsa de treinamento técnico (TT3) envolve o tratamento e processamento de imagens satelitais para a caracterização da extensão da área inundável da Amazônia, apoiando-se na elaboração e integração de diversos temas com a participação na pesquisa Jovem Pesquisador. Os resultados esperados irão cooperar com a definição dos pontos de amostragem de água, sedimento e gás em planícies aluviais de três diferentes rios da Amazônia, além de gerar um mapa de caracterização e localização das áreas de estudo capazes de facilitar a interpretação e disseminação dos resultados do projeto de pesquisa Jovem Pesquisador, além de outros produtos que irão auxiliar na modelagem dos dados para a análise espacial. (AU)