Busca avançada
Ano de início
Entree

Como a correlação genética entre caracteres fenotípicos influência a coevolução entre espécies?

Processo: 16/14277-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Paulo Roberto Guimarães Junior
Beneficiário:Ana Paula Aprígio Assis
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Genética quantitativa   Ecologia evolutiva

Resumo

Coevolução, a mudança evolutiva causada por seleção recíproca entre populações de espécies distintas via interações ecológicas, é uma força que pode influenciar a evolução fenotípica, a diversificação de espécies e a organização de comunidades biológicas. Nos últimos anos, modelos matemáticos identificaram alguns dos mecanismos que podem moldar a dinâmica coevolutiva. Tais modelos coevolutivos usualmente descrevem a evolução de um único caráter fenotípico sob a influência da seleção recíproca associada a interações interespecíficas. Todavia, sabemos que em geral, múltiplos caracteres mediam a interação entre espécies. Estudos de genética quantitativa revelaram que a evolução de múltiplos caracteres em uma população é dependente das correlações genéticas entre os caracteres. A correlação genética observada entre caracteres pode influenciar a dinâmica coevolutiva, moldando tanto a taxa de evolução como os padrões fenotípicos resultantes. Neste projeto combinaremos modelos coevolutivos e a teoria de genética quantitativa com o objetivo de investigar como diferentes padrões de correlação genética entre caracteres influenciam o processo coevolutivo em um par de espécies. Sendo coevolução um processo local, a força e direção das pressões seletivas por ela imposta dependem da estrutura espacial das espécies que interagem. Portanto, utilizaremos a abordagem de redes complexas para investigar o efeito da estrutura espacial sobre processos coevolutivos de caracteres geneticamente correlacionados. Ao combinar elementos teóricos de diferentes disciplinas, esperamos que este projeto contribua para 1) expandir o entendimento sobre a interação entre processos ecológicos e evolutivos que geram padrões fenotípicos observados na natureza, 2) desenvolver previsões que possam ser empiricamente testadas sobre como a coevolução molda fenótipos multivariados no nível genético, e 3) entender como fenótipos multivariados influenciam interações ecológicas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.