Busca avançada
Ano de início
Entree

Apoio institucional e educação permanente em saúde em uma região de saúde do interior de São Paulo: uma pesquisa intervenção

Processo: 17/03452-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Convênio/Acordo: CNPq - PPSUS
Pesquisador responsável:Cinira Magali Fortuna
Beneficiário:Maristel Silva Kasper
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/15199-5 - Apoio institucional e educação permanente em saúde em uma região de saúde do interior de São Paulo: uma pesquisa intervenção, AP.PP.SUS
Assunto(s):Atenção primária à saúde   Pesquisa qualitativa   Educação continuada   Pessoal de saúde   Estudos de intervenção   Saúde pública   Política de saúde

Resumo

Trata-se de um plano de trabalho para bolsa TT-3 direcionado a um projeto de pesquisa qualitativa do tipo pesquisa-intervenção que tem por objetivo analisar as práticas profissionais dos apoiadores da Política Nacional de Humanização (PNH) e articuladores de Educação Permanente em Saúde (EPS) e implementar ações junto aos 24 municípios do Departamento Regional de Saúde III de Araraquara. A pesquisa utilizará o referencial teórico metodológico da Análise Institucional francesa, linha socioclínica. A produção dos dados será realizada em quinze sessões de grupos de discussão com articuladores de EPS e apoiadores da PNH, com periodicidade mensal, intercaladas com três sessões de restituição das análises e 48 entrevistas semi-estruturadas e individuais realizadas com os mesmos. Pretende-se mapear ações, dificuldades, lacunas e ferramentas utilizadas por eles no desenvolvimento de suas funções. Os resultados esperados dizem respeito ao aprendizado dos trabalhadores sobre ferramentas que podem ser utilizadas para acionar os coletivos dos trabalhadores na direção da aprendizagem contextualizada, visando a transformação das práticas de cuidado nos territórios, além da possibilidade de melhoria do cuidado prestado à população. (AU)