Busca avançada
Ano de início
Entree

Assinatura molecular de microRNAs em lesões precursoras do câncer de colo de útero

Processo: 16/15831-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Márcia Maria Chiquitelli Marques Silveira
Beneficiário:Rhafaela Lima Causin
Instituição-sede: Hospital do Câncer de Barretos. Fundação Pio XII (FP). Barretos , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas de diagnóstico molecular   Infecções por Papillomavirus   MicroRNAs

Resumo

Introdução: Há inúmeras e bem documentadas evidências na literatura que demonstram que a citologia cervical é limitada como método isolado para o rastreamento do câncer do colo do útero. Por isso, há necessidade da incorporação de testes moleculares que melhorem a acurácia de detecção de lesões precursoras, como parece ser a avaliação das alterações nos microRNAs (miRNAs). A análise da expressão diferencial de microRNAs permitiria a ampliação do arsenal de testes diagnósticos para o rastreamento da neoplasia intraepitelial cervical (NIC). Objetivos: 1) Realizar análise de associação entre a expressão de microRNA, a presença de HPV e sua genotipagem; 2) Identificar e comparar o perfil de expressão de miRNAs pelo painel nCouter miRNA Expression Assays (800 alvos) por NanoString em amostras de citologia cervical de mulheres sem e com neoplasia intraepitelial cervical; 3) Validar o perfil de expressão dos microRNAs do hospedeiro por meio da tecnologia da PCR digital; 4) Avaliar as acurácias dos testes moleculares de expressão de miRNAs apontados como diferencialmente expressos na predição de neoplasia intraepitelial de alto grau e compará-las com a do teste molecular do HPV. Materiais e métodos: Serão incluídas 350 amostras armazenadas de citologia cervical de mulheres submetidas previamente à colposcopia no Hospital de Câncer de Barretos. Os casos terão a seguinte distribuição: colo do útero sem NIC (n=150), NIC1 (n=100), NIC2 (n=50) e NIC3 (n=50). As citologias cervicais fornecerão alíquotas para as análises moleculares. O teste para a pesquisa de HPV de alto risco será realizado no aparelho Cobas X480" (Roche Molecular Systems, EUA). Inicialmente será realizada a análise perliminar da expressão de microRNAs painel nCounter® miRNA Expression Assays (NanoString Technologies, Seattle, WA, EUA) com 800 microRNAs do hospedeiro com a seguinte distribuição NIC (n=10), NIC1 (n=10), NIC2 (n=10) e NIC3 (n=10), posteriormente os microRNAs que apresentarem tão acurados serão validados pela tecnologia de PCR digital na população completa. O perfil de expressão dos miRNAs diferencialmente expressos será comparado entre os grupos (d NIC1 vs. NIC2/NIC3) utilizando ferramentas dedicadas do R/Bioconductor. As acurácias de cada um dos testes moleculares (de microRNAs e de pesquisa do HPV) serão mensuradas e comparadas entre si por meio da sensibilidade, especificidade, valores preditivos (positivo e negativo) e área sob a curva ROC. Resultados esperados: Alguns dos microRNAs identificados como diferencialmente expressos poderão ser utilizados como biomarcadores de lesões precursoras do câncer do colo do útero em amostras de citologia cervical preservadas em base líquida. Se estes biomarcadores mostrarem-se tão (ou mais) acurados que a pesquisa molecular do HPV, eles poderão representar uma nova forma de diagnosticar precocemente as lesões precursoras do câncer do colo do útero. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAUSIN, RHAFAELA LIMA; PESSOA-PEREIRA, DANIELLE; BORBA SOUZA, KAREN CRISTINA; EVANGELISTA, ADRIANE FEIJO; VIEIRA REIS, RUI MANUEL; TAVARES GUERREIRO FREGNANI, JOSE HUMBERTO; CHIQUITELLI MARQUES, MARCIA MARIA. Identification and performance evaluation of housekeeping genes for microRNA expression normalization by reverse transcription-quantitative PCR using liquid-based cervical cytology samples. Oncology Letters, v. 18, n. 5, p. 4753-4761, NOV 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.