Busca avançada
Ano de início
Entree

Preparação e caracterização de celulose a partir do bagaço de laranja pêra

Processo: 16/16168-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Paulo Henrique Fernandes Pereira
Beneficiário:Liziane Beatriz Ubirajara Santos
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Assunto(s):Materiais lignocelulósicos   Celulose   Laranja   Bagaços   Ácido acético   Branqueamento

Resumo

A laranja é muito utilizada no Brasil principalmente no processamento de suco, o qual gera entre 40-60% de resíduos, que posteriormente são utilizados na produção de subprodutos. A casca da laranja é composta por flavedo (porção colorida) e albedo (porção branca e esponjosa). As fibras lignocelulósicas estão sendo cada vez mais utilizadas em diversas aplicações devido a suas vantagens quando comparadas as fibras sintéticas. O fato de consumirem menos energia resulta, assim, em menores emissões de gases na atmosfera, são de baixo custo, biodegradáveis, apresentam facilidade de manuseio para o tratamento de superfície e podem ser facilmente modificadas quando necessário. A análise do ciclo de vida dos produtos à base de fibras naturais mostra um balanço ambiental extremamente favorável. Outro fator de grande relevância é a diversidade de fibras naturais existentes em nosso planeta. Os resíduos lignocelulósicos podem ser oriundos de caules, de raízes, de folhas e de frutos das plantas gerando grandes quantidades o que tem despertado grande interesse, quando tratados quimicamente podem separados em seus componentes isolados como celulose, hemicelulose, pectina e lignina. Esses componentes separados podem ser utilizados em diversas aplicações, tais como preparação de nanoceluloses, nanolignina, reforço em matrizes poliméricas, filmes bionanocompósitos dentre outras. O presente trabalho tem por objetivo utilizar o bagaço oriundo da produção de suco de laranja, para a obtenção de celulose branqueada. Para a obtenção da celulose branqueada, os componentes macromoleculares amorfos dessa fibra serão separados, por meio de tratamentos químicos utilizando ácido acético o qual permite a separação da lignina e a obtenção da polpa bruta de celulose que será branqueada com uma mistura de NaOH/H2O2 (AU)