Busca avançada
Ano de início
Entree

Fluência de fala em crianças bilíngues

Processo: 17/03520-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de maio de 2017
Vigência (Término): 22 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Cláudia Regina Furquim de Andrade
Beneficiário:Ana Paula Ritto
Supervisor no Exterior: Talita Maria Fortunato-Tavares
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : City University of New York, New York (CUNY), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/05265-5 - Fluência de fala e alteração do feedback auditivo: comparação entre medidas objetivas e perceptuais, BP.DR
Assunto(s):Bilinguismo   Fluência

Resumo

Crianças bilíngues frequentemente apresentam um número significativo de disfluências gagas, causadas pela dificuldades de acesso lexical, o que pode levar ao diagnóstico errado de gagueira. Diferenciar dificuldades de fala causadas pelo bilinguismo de distúrbios de fluência é crucial, uma vez que a falha no diagnóstico adequado pode retardar a intervenção precoce e a reabilitação. De acordo com o relatório demográfico do Departamento de Educação da Nova Iorque (NYCDOE), no ano escolar 2013-2014, 43,3% dos estudantes relataram falar uma língua diferente do inglês. Procedimentos: participarão do estudo 200 crianças de 4 e 5 anos que frequentam as escolas do NYCDOE. Para avaliação inicial, as crianças serão gravadas durante uma tarefa de fala espontânea, em inglês, e durante um teste de repetição de não palavras. Ambos serão utilizados para a avaliação de dificuldades de fluência da fala e dificuldades no acesso lexical. As crianças que apresentarem desempenho inadequado em um ou ambos os testes participarão de um programa curto de intervenção, customizado para crianças que falam inglês como segunda língua, e que abordará as dificuldades de acesso lexical em dois níveis (fonológico e semântico). A intervenção será realizada em sessões em grupo durante três semanas. O objetivo geral é estabelecer o uso de construções fonológicas da língua inglesa que ocorram no vocabulário que as crianças precisam adquirir. Melhorar o desempenho em tais construções fonológicas deve melhorar o acesso ao vocabulário, o que, em seguida, afeta a performance na escola. A avaliação final será realizada de forma semelhante à inicial, para comparação.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.