Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da idade materna na composição de gorduras do colostro de nutrizes em maternidade do interior do estado de São Paulo

Processo: 16/21117-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Obstétrica
Pesquisador responsável:Glilciane Morceli
Beneficiário:Lucas Lima de Moraes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências da Saúde (FCSA). Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Colostro   Aleitamento materno   Saúde materno-infantil   Idade materna

Resumo

Introdução: Adolescentes e mulheres com 35 anos ou mais, em geral são mais suscetíveis a resultados perinatais adversos e a morbimortalidade. Na adolescência, devido a imaturidade biológica que envolve crescimento e desenvolvimento materno, há influência nos resultados perinatais do concepto, tais como, aumento de baixo peso ao nascer (BPN, <2500g), riscos de restrição do crescimento intrauterino (RCIU), deficiência de micronutrientes e alto índice de partos prematuros (<37ª semana gestacional). Nas gestações com idade materna avançada acima de 35 anos são observados aumento no número de abortos espontâneos e induzidos, maior risco de mortalidade perinatal, baixa vitalidade do recém-nascido, baixo peso ao nascer, parto prematuro e recém-nascido classificados como pequenos para idade gestacional (PIG). Esses desfechos gestacionais e perinatais são bem elucidados na literatura, porém há poucos estudos sobre o impacto da idade materna nos componentes químicos (acidez e gorduras) do colostro dessas mães. O colostro é a primeira secreção láctea produzida e contém os nutrientes necessários para o desenvolvimento do neonato e os principais componentes são as gorduras, proteínas, carboidratos e vitaminas. Objetivos: Comparar os níveis químicos (acidez e gorduras) do colostro de nutrizes adolescentes e idade materna avançada e descrever as características gestacionais e perinatais. Casuística e métodos: Trata-se de um estudo prospectivo transversal, no qual serão incluídas nutrizes adolescentes e com idade materna avançada e seus recém-nascidos, atendidos na Maternidade do Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente no período de dezembro de 2016 a maio de 2017. A coleta de colostro será realizada por ordenha manual, até 72 horas após o parto para as dosagens químicas (acidez e gorduras), os dados pessoais, comportamentais, de antecedentes obstétricos, familiares e da gestação atual serão coletados seguindo protocolo estabelecido para o estudo e os dados referentes aos desfechos gestacionais e perinatais serão coletados pela análise dos prontuários médico. Todas as nutrizes serão informadas quanto à finalidade da pesquisa e assinarão o termo de consentimento livre e esclarecido. A análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)