Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da influência da inervação aferente renal na insuficiência renal crônica experimental

Processo: 17/03905-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Erika Emy Nishi
Beneficiário:Amanda Costa Veiga
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Insuficiência renal crônica   Hipertensão   Fisiologia cardiovascular   Modelos animais

Resumo

A prevalência da insuficiência renal crônica (IRC) encontra-se crescente mundialmente e os principais fatores contribuintes para a progressão dessa patologia são a hipertensão arterial (HA) e o diabetes. Apesar dos avanços nos tratamentos farmacológicos com anti-hipertensivos e antidiabéticos, o número alarmante de pacientes com nefropatia mostra a necessidade de novas estratégias terapêuticas. O sistema nervoso simpático (SNS) tem sido apontado como um importante alvo terapêutico para a HA através da denervação renal em pacientes e modelos experimentais. Os estudos clínicos e experimentais têm demonstrado que o procedimento da denervação, o qual destrói tanto fibras simpáticas quanto fibras sensoriais que inervam o rim, promove não apenas efeitos renoprotetores, como também melhora na função cardíaca e vascular e no metabolismo da glicose e sensibilidade à insulina. A hipótese do presente projeto é que as fibras sensoriais que inervam o rim exerçam um importante papel sobre os parâmetros cardiovasculares e renais na IRC. A IRC será induzida pelo modelo experimental de nefrectomia 5/6 em ratos Wistar. Após 5 semanas da indução da IRC, os animais serão submetidos a denervação seletiva das fibras aferentes e, após 3 semanas, serão avaliados os seguintes parâmetros: pressão arterial, frequência cardíaca, bem como função, fibrose e inflamação renal. Portanto, o presente projeto pretende avançar no entendimento dos mecanismos que contribuem para a HA e no desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas na IRC. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MILANEZ, MAYCON I. O.; VEIGA, AMANDA C.; MARTINS, BEATRIZ S.; PONTES, ROBERTO B.; BERGAMASCHI, CASSIA T.; CAMPOS, RUY R.; NISHI, ERIKA E. Renal Sensory Activity Regulates the gamma-Aminobutyric Acidergic Inputs to the Paraventricular Nucleus of the Hypothalamus in Goldblatt Hypertension. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 11, DEC 15 2020. Citações Web of Science: 0.
VEIGA, AMANDA C.; MILANEZ, MAYCON I. O.; FERREIRA, GIOVANNA R.; LOPES, NATHALIA R.; SANTOS, CAMILA P.; DE ANGELIS, KATIA; GARCIA, MICHELLE L.; OYAMA, LILA M.; GOMES, GUIOMAR N.; NOGUEIRA, FERNANDO N.; CARVALHO, POLLIANE M.; CAMPOS, RUY R.; BERGAMASCHI, CASSIA T.; NISHI, ERIKA E. Selective afferent renal denervation mitigates renal and splanchnic sympathetic nerve overactivity and renal function in chronic kidney disease-induced hypertension. Journal of Hypertension, v. 38, n. 4, p. 765-773, APR 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.