Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de alvos moleculares em Cryptococcus neoformans e a importância da permease de aminoácidos AAP1 para os fatores de virulência

Processo: 16/23890-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Marcelo Afonso Vallim
Beneficiário:João Miguel Alves Nunes
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Cryptococcus neoformans   Fatores de virulência   Biologia molecular

Resumo

O fungo oportunista Cryptococcus neoformans é de grande importância médica, pois é encontrado nos mais diversos ambientes, tanto rurais como urbanos e acomete graves problemas em pacientes imunocomprometidos como a meningite criptocócica que é altamente letal. A busca de fármacos contra patógenos eucariotos é difícil, pois há baixa toxicidade seletiva dos mesmos, consequentemente gera poucas opções de fármacos antifúngicos dificultando o tratamento. Devido a esses fatores, buscamos encontrar alvos moleculares em C. neoformans, com uma alta toxidade seletiva para não agredir as células humanas. A aquisição, síntese e reciclagem de nutrientes pela célula têm sido apontadas como divergentes entre os eucariotos superiores e inferiores Dados preliminares obtidos pelo grupo de Cryptococcus do LIMic-UNIFESP demonstram que elementos ligados à biossíntese (enzimas) e à captação (permeases) de aminoácidos são alvos potentes na inibição do crescimento fúngico. Estudos anteriores mostram que as vias de biossíntese de treonina e triptofano são essenciais para o fungo e as permeases AAP4 e AAP5 estão relacionadas intrinsicamente com a virulência. Além disso, foi obtida uma ação fungicida altamente eficaz do composto sakuranetina, purificada de uma planta da Serra da Mantiqueira chamada Baccharis retusapelo grupo de Biorgânica (LABIORG) da UNIFESP Diadema, porém ainda não se conhece qual é o alvo molecular deste composto. Portanto este projeto de iniciação científica abordará o estudo da importância da permease (AAP1) para os fatores de virulência de C. neoformans e a identificação do alvo molecular da sakuranetina empregando técnicas de biologia molecular. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CALVETE, CRISLAINE LAMBIASE; MARTHO, KEVIN FELIPE; FELIZARDO, GABRIELLE; PAES, ALEXANDRE; NUNES, JOAO MIGUEL; FERREIRA, CAMILA OLIVEIRA; VALLIM, MARCELO A.; PASCON, RENATA C. Amino acid permeases in Cryptococcus neoformans are required for high temperature growth and virulence; and are regulated by Ras signaling. PLoS One, v. 14, n. 1 JAN 25 2019. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.