Busca avançada
Ano de início
Entree

Correlatos histológicos de imagens por ressonância magnética em pacientes com epilepsias

Processo: 17/03739-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Pesquisador responsável:João Pereira Leite
Beneficiário:José Eduardo Peixoto Santos
Supervisor no Exterior: Ingmar Blumcke
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Friedrich-Alexander-Universität Erlangen-Nürnberg (FAU), Alemanha  
Vinculado à bolsa:15/20840-9 - Correlatos histológicos de imagens por ressonância magnética em pacientes com epilepsias farmacorresistentes, BP.PD
Assunto(s):Epilepsia   Ressonância magnética de alto campo

Resumo

Imagens por ressonância magnética (RM) são ferramentas não-invasivas cruciais para o diagnóstico de várias doenças. Nas epilepsias farmacorresistentes, o prognóstico cirúrgico é altamente dependente da remoção total da zona epileptogênica, o que torna a RM essencial para um bom planejamento cirúrgico. Em pacientes cujas crises começam na infância, as displasias corticais são o substrato patológico mais comum e, em até 40% dos casos, não são detectadas pelos exames de RM, mesmo com o uso de protocolos modernos apropriados em máquinas de alto campo (3T). Como consequência, o tratamento cirúrgico falha em muitos dos pacientes, que continuam a sofrer com crises recorrentes. Deste modo, a otimização de protocolos quantitativos de RM e a definição dos substratos patológicos associados às alterações nas imagens de RM são importantes para melhor entender a variabilidade desta patologia e aumentar o sucesso cirúrgico. O objetivo desta proposta é identificar os correlatos histopatológicos das imagens de RM nas displasias corticais, bem como aumentar a detecção das displasias corticais através de protocolos quantitativos de RM em alto campo (3T e 7T).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEIXOTO-SANTOS, JOSE EDUARDO; DRUMOND DE CARVALHO, LUCIANA ESTEFANI; KANDRATAVICIUS, LUDMYLA; BESERRA DINIZ, PAULA REJANE; SCANDIUZZI, RENATA CALDO; CORAS, ROLAND; BLUEMCKE, INGMAR; ASSIRATI, JOAO ALBERTO; CARLOTTI, CARLOS GILBERTO; MARCONATO SIMOES MATIAS, CAIO CESAR; GARRIDO SALMON, CARLOS ERNESTO; DOS SANTOS, ANTONIO CARLOS; VELASCO, TONICARLO R.; MORAES, MARCIO FLAVIO D.; LEITE, JOAO PEREIRA. Manual Hippocampal Subfield Segmentation Using High-Field MRI: Impact of Different Subfields in Hippocampal Volume Loss of Temporal Lobe Epilepsy Patients. FRONTIERS IN NEUROLOGY, v. 9, NOV 20 2018. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.