Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da associação entre distúrbios do sono e disfunção temporomandibular dolorosa em adolescentes

Processo: 16/25549-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Daniela Aparecida de Godoi Gonçalves
Beneficiário:Giovana Fernandes
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Disfunção temporomandibular   Dor facial   Distúrbios do sono   Adolescentes   Distribuição qui-quadrado

Resumo

Os distúrbios do sono em adolescentes são considerados um problema de saúde pública. Estudos recentes demonstraram que adolescentes com distúrbios do sono apresentam condições dolorosas com maior frequência. Entre as condições dolorosas estudadas, pouco ainda se sabe sobre a associação entre a Disfunção Temporomandibular (DTM) dolorosa e os distúrbios do sono, representando uma lacuna na literatura atual. Objetivo: Estimar a possível associação e a relação temporal entre distúrbios do sono e DTM dolorosa em adolescentes. Material e Método: Trata-se de um estudo analítico, observacional, do tipo corte transversal, comparando adolescentes com e sem DTM dolorosa. A amostra será composta por 464 adolescentes, com 12 a 14 anos de idade, matriculados em escolas públicas e particulares da cidade de Araraquara. O diagnóstico e classificação da DTM dolorosa serão por meio o Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders, eixo I. A avaliação dos distúrbios do sono será subjetiva, por meio dos questionários Escala de distúrbios do sono em crianças, Questionário sobre comportamento do sono e diário do sono e dor. Para a caracterização da amostra e a identificação de possíveis variáveis de confusão, também serão coletadas as variáveis gênero, raça, classificação econômica, estágio puberal e sintomas depressivos. Para estudo univariável das associações serão aplicados o teste do Qui-quadrado e o Teste T de Student ou Mann Witney U. Serão utilizados modelos de regressão para estimar a associação e a relação temporal entre DTM dolorosa e distúrbios do sono. (AU)